Funcionários da Secretaria da Administração Penitenciária aprendem ioga

Funcionários da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), há quase um ano, têm frequentado o Centro Cultural da Índia “Swami Vivekananda”, em São Paulo. Lá, eles participam de um curso de ioga voltado à formação de instrutores com o objetivo de multiplicar a prática oriental milenar para outros servidores do sistema prisional.

O projeto é uma parceria entre a SAP e o Consulado Geral da Índia que, juntos, criaram um curso de formação de 2 anos de mestres iogues entre os servidores da Secretaria. “Fizemos uma reunião com a equipe de relações institucionais do Consulado indiano para delimitar e atender presos e servidores”, explica a diretora do Centro de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor (CQVidass), Iracema Jansson.

Com o intuito de serem multiplicadores da prática, os oito participantes, entre agentes de segurança penitenciária, oficiais administrativos e psicólogos, quinzenalmente se encontram com o mestre indiano Sanjay Kumar para as aulas. As técnicas são coadjuvantes ao tratamento de diversos tipos de doenças como insônia, asma, diabetes, hipertensão e enxaqueca, garante a Organização Mundial da Saúde.

Reconhecimento internacional

Depois da formação de dois anos, os servidores receberão o diploma que os torna capazes de transmitir o aprendizado aos colegas de trabalho e reeducandos, garantindo melhor disposição, bem-estar e saúde aos adeptos. “Já dou dicas para colegas da unidade sobre relaxamento mental e técnicas de respiração, isso ajuda a ficar mais calmo e diminui o estresse”, revela Everton Ramalho, agentes de segurança da Penitenciária “José Aparecido Ribeiro” de Franco da Rocha.

A psicóloga do CQVidass Metropolitana, Juliana Dias Gonçalves, explica que a arte milenar é um método eficaz contra doenças psicológicas. “A partir da meditação e da disciplina nos movimentos é possível prevenir e administrar problemas de ansiedade, depressão e síndrome do pânico”, diz. Para ela, muitas dessas patologias são consequência do estilo de vida atual. “A ioga é uma alternativa para prevenir doenças, obter controle emocional e autoconhecimento”, orienta.


Fonte: Portal do governo

menu
menu