Agentes apreendem celulares e drogas arremessados em unidade da capital

Mais uma vez, agentes apreendem ilícitos arremessados em um presídio de regime semiaberto neste fim de semana - desta vez, foi no Centro de Progressão Penitenciária Feminino "Dra. Marina Marigo Cardoso de Oliveira" de Butantan, na zona oeste da capital. No sábado, 27, por volta das 1h30 da manhã, servidores avistaram no pátio dois indivíduos arremessando uma sacola no mezanino. De imediato agentes foram ao encalço deles, porém os homens saíram em direção ao Parque Vila Olímpica, não sendo possível capturá-los - o alambrado que faz divisa com o Parque Vila Olímpica estava rompido.

Após realizar vistorias no pátio e nas celas do local, agentes apreenderam 35 celulares, cinco baterias, dois chips de aparelho celular, 40 carregadores de telefone celular, 18 fones de ouvido, 2,866 kg de maconha e 26 gramas de cocaína. Foi registrado Boletim de Ocorrência no 89º Distrito Policial da capital. Três presas que estavam em posse dos ilícitos foram isoladas e responderão a Procedimento Apuratório Disciplinar, com solicitação de regressão de regime, com exceção de uma delas, que ficou detida no Distrito por tráfico de entorpecentes.

Ressalvamos que as unidades de regime semiaberto, por força da legislação brasileira, são cercadas por alambrados, não dispondo de muralha nem de vigilância armada.

A Secretaria da Administração Penitenciária parabeniza os servidores pelo empenho no cumprimento do dever.


Fonte: SAP

menu
menu