ASP pede ajuda para mãe internada com embolia pulmonar e que sofreu dois AVCs

O agente penitenciário criou uma página no site Vakinha para receber doações

Carlos Vitolo Jornalista/Assessor de Imprensa do Sindasp.

imprensa@sindasp.org.br

® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista e do Sindasp-SP, mediante penas da lei.)

A mãe do agente de segurança penitenciária (ASP), Marcos Domiciano de Castro, que trabalha no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Taubaté, está internada desde 19/7, no Hospital Frei Galvão, em Guaratinguetá SP, onde foi levada foi diretamente para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com embolia pulmonar. A embolia pulmonar é frequentemente causada pela presença um coágulo de sangue em uma artéria, que bloqueia a passagem de sangue.

Após internada, Raimunda Nonata Araújo de Castro, 68 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), mais conhecido como derrame. Já no quarto, a mãe do ASP sofreu um segundo AVC, bem mais forte que o primeiro, e que paralisou o lado direito do corpo, além de complicações na fala.

De acordo com o ASP, desde o segundo AVC, sua mãe segue internada na UTI, o que gerado grandes dificuldades financeiras neste momento de dor.

Com o objetivo de pedir a colaboração da categoria, por meio da doação de qualquer valor, o ASP criou uma página no site “Vakinha”, onde todos podem colaborar. Marcos manteve contato com o Sindasp-SP, onde é filiado, e solicitou a divulgação.

Para colaborar, basta acessar a página clicando aqui. Na sequência, basta clicar em “contribua” e continuar os passos seguintes para a doação que pode ser feita por boleto, cartão de crédito ou Bitcoin, de acordo com a página.

menu
menu