ASPs do CDP I de Osaco impedem entrada de visitante com chinelo recheado de cocaína e maconha

Carlos Vitolo Jornalista/Assessor de Imprensa do Sindasp.

imprensa@sindasp.org.br

® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista e do Sindasp-SP, mediante penas da lei.)

Agentes de segurança penitenciária (ASP) do Centro de Detenção Provisória (CDP) I de Osasco impediram a entrada de uma visitante na unidade, usando chinelos com fundo falso, escondendo cocaína em um dos pés e maconha no outro.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o fato ocorreu na última sexta-feira (5), quando a companheira de um detento foi flagrada na revista ao passar pelo aparelho de scanner corporal.

Os agentes penitenciários perceberam um volume anormal nos chinelos e ao examinar constataram que ambos possuíam um fundo falso com as drogas.

Segundo a SAP, a visitante afirmou desconhecer o fato e foi encaminhada ao 2º Distrito Policial de Osasco, junto com a apreensão. O preso a ser visitado foi isolado e responderá Procedimento Apuratório Disciplinar.

Vale explicar que a visita no CDP I de Osasco foi adiantada para sexta-feira e sábado, por conta das eleições. Uma parceria com o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) garante que presos que possam votar – provisórios ou condenados ainda sem trânsito em julgado – tenham assegurado seu direito no Estado de São Paulo.

menu
menu