ASPs impedem entrada de 19 chips de celular em sabonete e maconha em bolo de chocolate

Carlos Vitolo Jornalista/Assessor de Imprensa do Sindasp.

imprensa@sindasp.org.br

® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista e do Sindasp-SP, mediante penas da lei.)

Agentes de segurança penitenciária (ASP) impediram a entrada de 19 chips de aparelho celular na Penitenciária de Junqueirópolis. Os chips estavam camuflados em um sabonete.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), a apreensão ocorreu na revista em uma visita, no último domingo (14), quando a mesma passou pelo aparelho de raio-X.  

Ainda no domingo, agentes penitenciários da Penitenciária I de Franco da Rocha apreenderam maconha escondida no meio de um bolo trazido pela esposa de um sentenciado.

Na Penitenciária de Cerqueira César, agentes penitenciários encontraram um aparelho celular em formato de relógio, com bateria e chip, dentro de um pote de doce de leite, trazido por uma mulher que visitaria o irmão na unidade.

Conforme a SAP, foram registrados boletins de ocorrência, todos os visitantes flagrados foram automaticamente suspensos do rol de visitas e foi aberto Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade na recepção dos materiais ilícitos.

menu
menu