Energia contagiante marca 10º Intercipas das unidades da Croeste

Com a participação de aproximadamente 200 servidores, evento de conscientização entre cipeiros ainda contribuiu para arrecadações de roupas e alimentos

Uma verdadeira sinestesia. Foi esse o sentimento provocado no público durante o 10º Intercipas da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste (Croeste), promovido nos dias 27 e 28 de junho. A diversidade de sons e cores refletiu a criatividade heterogênea das apresentações das seis equipes de cipeiros que, mais do que troféus e medalhas, adquiriram conhecimentos para uma vida saudável e compartilharam momentos de união e descontração.

Aproximadamente 200 servidores estiveram presentes no acontecimento ocorrido no auditório da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), campus de Presidente Prudente, das 8h às 17h. Logo na entrada, o público foi recebido por uma equipe de saúde e pode aferir a pressão arterial, conferir o índice glicêmico e, passar por avaliação nutricional com auxílio da balança de bioimpedância para controle corporal completo.

No palco, as equipes fizeram apresentações temáticas e shows de talentos. Torcida, organização do grito de guerra e alegoria contaram para pontuação da disputa, além das campanhas de arrecadação, em dias anteriores, que resultaram em 14.485 peças de roupas e cerca de 3,5 toneladas de alimentos. Além das provas, os grupos participaram de gincanas valendo pontos. “O evento acontece uma vez por ano com as comissões internas de prevenção de acidentes (Cipas) das unidades prisionais e visa a interação entre os membros, fortalecimento do espírito de equipe e momentos de lazer para os participantes”, explica a diretora do Centro Regional de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor (CQVidass-oeste), Fabiana Minzoni Rocha.

Criatividade

Este ano, a programação girou em torno do lema “Proteção – Segurança não se conquista, se faz”. Assim, cada equipe, identificada por uma cor, tinha um tema correspondente: a equipe azul trabalhou com dicas sobre qualidade de vida; a amarela abordou a saúde do homem e as principais doenças que afetam o sexo masculino; a roxa falou sobre atividade física levando um profissional para exercitar os servidores; a equipe laranja abordou o tema alimentação, trazendo uma versão de “Carmem Miranda” para o palco e uma pequena feirinha, com distribuição de salada de frutas; a verde comoveu com o tema saúde da mulher, abordando principalmente a questão da violência, e a vermelha abordou acidentes de trabalho, encenando a situação e suas implicações profissionais.

Além disso, o 10º Intercipas contou com diversas atividades. Entre elas, quadrilha junina ao som de música adaptada ao ambiente prisional (equipe vermelha), revelação de talentos musicais com funcionário entoando canções de rock (verde); piadas com boneco fantoche (laranja); interpretação de canções populares e exibição de filme de curta-metragem (roxa); imitações e show musical (amarela); dicas sobre qualidade de vida com distribuição de balas mensagens, entregas de rosas e apresentação de saxofone com o Agente de Segurança Penitenciária, Josias de Jesus Silva (azul).

No primeiro dia, uma psicóloga do Instituto Augusto Cury deu uma verdadeira aula sobre o funcionamento e controle da mente, durante a palestra “Proemoção”. No dia seguinte, de forma descontraída, a fisioterapeuta do trabalho, Lucelena Marasca, motivou os presentes a enfrentar os problemas da vida com superação, por meio da palestra “É preciso ser lagarta para virar borboleta”. Os servidores contemplaram também um espetáculo sobre tabagismo, encenado por integrantes do grupo teatral do Matarazzo, de Presidente Prudente.

Classificação

A conquista dos troféus do 1º ao 3º lugar ficou para as equipes azul, laranja e roxa, respectivamente. Da 4º a 6º colocação, as demais receberam medalhas, na seguinte ordem: verde, vermelha e amarela. A equipe laranja foi destaque na campanha do agasalho com a arrecadação de 5.581 peças de roupas e a azul foi a que mais arrecadou alimentos: um total de 1,5 tonelada, aproximadamente. Ao final, alguns servidores foram homenageados e receberam lembrancinhas, como a Diretora do Grupo de Planejamento e Gestão da qualidade de vida e Saúde do Servidor da Secretaria da Administração Penitenciária (GQVidass), Iracema Costa Jansson.


Fonte: SAP

menu
menu