Sindasp participa de reunião que define prioridades da categoria na Frente Parlamentar em Defesa do ASP na Alesp

Sindasp convoca categoria para participar da cerimônia de instalação dia 11

Carlos Vítolo Jornalista/Assessor de Imprensa do Sindasp.

imprensa@sindasp.org.br

® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista e do Sindasp-SP, mediante penas da lei.)

O presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, participou ontem de uma reunião na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), para definir com a Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Penitenciários, quais as prioridades da categoria.

De acordo com Grandolfo, outros representantes de instituições participaram da reunião. As prioridades definidas foram as seguintes: Saúde Mental; Lei Orgânica; Absolvição dos Processos Administrativos Disciplinares (PADs) referentes às greves de 2014 e 2015 da categoria; Criação do Bônus de Resultado Penitenciário (BRP); Aposentadoria Especial (igual da PM); Acautelamento de armas dos ASPs.

Sobre a questão salarial, o item não foi incluso por não se tratar de uma reivindicação apenas da categoria, mas de todos os servidores do Estado.

A Frente Parlamentar será instalada na próxima sexta-feira (11), às 14h, na Alesp. A Frente Parlamentar foi criada pela deputada Clélia Gomes (PHS), com o objetivo de ouvir os problemas vividos pelos agentes de segurança penitenciária (ASP) e buscar soluções. Segundo a assessoria da deputada, os membros da Frente Parlamentar vão visitar as unidades prisionais.

O Sindasp-SP convida todos os agentes penitenciários para participarem da instalação da Frente Parlamentar. Representantes das diretorias Executiva e regionais do Sindasp-SP estarão presentes no evento.

menu
menu