02 de novembro Dia de Finados, feriado nacional

0
72

Nesta terça-feira (2), é celebrado o dia dos fiéis defuntos, dia de oração pelos que já se foram ou Dia de Finados. O Sindasp-SP oferece a todos os ASPs que se foram neste ano de 2021, os pêsames, aos entes queridos de todos os trabalhadores da nossa categoria que também se foram e aos familiares que perderam alguém importante na vida de cada um.

No Brasil, esta data é um feriado nacional, instituído pela Lei nº 10.607, de 19 de dezembro de 2002.

A celebração de Finados é muito importante para algumas religiões, principalmente para os católicos, pois se presta homenagem a todos os entes queridos que já morreram.

Nesta data, o movimento nos cemitérios é intenso, pois muitas pessoas vão deixar flores e fazer orações nos túmulos de familiares ou amigos que já partiram.

Origem do Dia de Finados

Dia dos Fiéis Defuntos, Dia de Finados ou Dia dos Mortos é celebrado pela Igreja Católica no dia 2 de novembro.

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos quando visitavam os túmulos dos mártires. A partir do século IV, a Igreja começou a incluir em suas celebrações a “Memória dos Mortos” – um momento de orações dedicado a todos os que já faleceram.

O Dia de Finados é celebrado no dia 2 de novembro porque no dia 1º de novembro é comemorado o Dia de Todos os Santos – data que celebra todos os que morreram em estado de graça, mas que não tiveram a oportunidade de serem canonizados ou que não são lembrados em orações por ninguém.

O abade Odilo de Cluny, no final do século X, pedia aos monges que orassem pelos mortos.

Desde o século XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigavam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII essa data passa a ser oficialmente celebrada em 2 de novembro, um dia após a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12;  1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46) e é suportada por uma prática de quase dois mil anos.[1]

O sepultamento dos mortos nas igrejas ou nos seus imediatos arredores permitia à comunidade sentir a continuidade da presença dos seus entes queridos na proximidade das suas vidas terrenas, ajudando a cimentar o conceito da Igreja enquanto comunidade peregrina (os vivos), sofredora (as almas em purificação no Purgatório) e triunfante (as almas santas no Paraíso). Se o dia de Todos os Santos celebrava estes últimos, principalmente os santos anónimos, o dia de Fiéis Defuntos honrava as almas do Purgatório e por estas eram oferecidas orações e sacrifícios.

Mensagens para o Dia de Finados

“Meu Deus, que no Teu Reino

Quem parte antes de mim

Encontre a paz na Tua eternidade

E bondade sem fim.

E para quem fica,

Que não falte o conforto

De saber que um dia

Nos Teus braços há de se encontrar.

Que hoje nossos corações

Se encham de amor e alegria

Ao recordar aqueles que já partiram,

Mas que pela Tua glória

Continuam vivendo.

Pois quem em Ti acredita,

Senhor, Jamais morre! Amém!”.

“O Dia de Finados nos recorda que a vida é um ciclo e a morte é a sua etapa final. Entretanto, aqueles que partiram não deixam de existir, pois as nossas memórias os mantêm vivos. É difícil deixar quem amamos partir, mas rogamos para que o consolo vindo do céu alcance nossos corações e nos dê força para seguir em frente.”

“Saudade resume este dia. Espero que nossos entes queridos estejam a olhar por nós e em paz onde estiverem. Como gostaríamos de ter mais um momento ao lado deles, mas como infelizmente isso não é possível nós os homenageamos com flores, velas e mensagens para mantê-los vivos em nossas lembranças.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.