Agentes abortam nova tentativa de fuga em penitenciária do Piauí

0
4

Mais uma tentativa de fuga foi registrada na madrugada desta quinta-feira (10) na penitenciária Irmão Guido. Os detentos serraram as grades e cavaram um buraco nas celas 5 e 8, mas foram descobertos pelos agentes penitenciários.

 

De acordo com o diretor de presídios, Fagner Martins, a secrertaria de justiça está apurando a tentativa. Ele confirmou a tentativa de fuga e disse que a ocorrência foi registrada por volta da 1h30 da madrugada. “Eles fizeram um buraco na cela mas nem conseguiram sair do pátio. Estamos apurando quantos foram as pessoas que tentaram deixar as celas”, informou.

 

O vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Kleiton Holanda, disse que a fuga abortada na madrugada de hoje seria de aproximadamente 70 presos. Os detentos já haviam serrado as grades das celas 1, 2, 4, 5, e 6 do pavilhão B, além de terem escavado um túnel.

 

“Como as vistorias noturnas são diárias, os detentos estão tentando fugir nas madrugadas. Esta fuga planejada seria astronômica e só foi descoberta porque um agente sentiu uma vibração nas paredes e percebeu que havia algo errado. Flagramos presos de outras celas dentro da 5, que estavam ajudando a cavar o túnel”, disse Holanda.

 

Segundo o sindicalista, as tentativas de fuga têm aumentado em relação a outras situações comuns em presídios, como motins e mortes, devido a proximidade com o fim do ano. “Como está chegando o período do recesso judiciário, os detentos vão tentar fugir a todo custo e se aproveitam da infraestrutura frágil do presídio e do efetivo reduzido de agentes.”

 

A Irmão Guido tem capacitade para 300 presos e atualmente abriga 400. No pavilhão B, onde ocorreu a tentativa de fuga, há 105 detentos para 90 vagas,

 

A Sejus divulgou nota sobre o incidente:

 

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) informa que os agentes penitenciários e policiais militares de plantão encontraram, na madrugada desta terça-feira (10), um túnel que estava sendo cavado em uma das celas do Pavilhão B da Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina. O túnel não chegou a ser concluído, graças à ação rápida dos agentes de segurança da unidade, que também recolheram objetos como ferros e “teresas” (cordas artesanais). A Força Tática da Polícia Militar, as Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) e a Tropa de Choque foram imediatamente acionadas, após a identificação do buraco, para dar reforço à ação dentro da penitenciária. A Secretaria de Justiça informa que tem intensificado as vistorias nas unidades prisionais, de modo a coibir esse tipo de ação. A Sejus reforça que está elaborando um plano de reforma da Irmão Guido, para dar mais estrutura e segurança à unidade, que foi construída de forma inadequada.

 

Secretaria de Estado de Justiça do Piauí

Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária

Diretoria de Inteligência e Proteção Externa

Gerência da Penitenciária Regional Irmão Guido

 

Fonte: Cidade Verde

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.