Após ocupação do Ministério da Justiça, agentes penitenciários poderão ser incluídos nas regras especiais da reforma Previdência

0
31

Após a ocupação da sede do Ministério da Justiça (MJ) no final da tarde de ontem por cerca de 500 agentes penitenciários, a categoria poderá conquistar os mesmos direitos de serem inseridos nas regras especiais concedidas aos policiais civis no relatório da reforma da Previdência.

O acordo foi prometido aos agentes penitenciários após uma reunião de representantes dos servidores, o ministro Osmar Serraglio e os deputados Lincoln Portela (PRB-MG) e Major Olímpio (SD-SP).

De acordo com o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, na reunião “ficou prometido pelo ministro que a categoria será incluída nas regras especiais da reforma e que na próxima semana a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 308/2004, que cria a Polícia Penal, deverá será votada”. Já a reforma da Previdência, que está sendo discutida na PEC 287/16, tem previsão de votação para até a próxima quinta-feira (4). No entanto, Grandolfo disse que a categoria deve permanecer mobilizada até que a reforma seja devidamente votada, aprovada e sancionada.

Segundo Grandolfo, que permanece em Brasília-DF com os filiados do Sindasp-SP e agentes penitenciários de diversos estados, uma reunião da comissão que analisa a reforma acontece às 9h30, onde deverá ser anunciada e confirmada as conquistas da categoria firmadas ontem à noite na reunião com o ministro.

Após a reunião publicaremos novas informações. Acompanhe diariamente no site do Sindasp-SP os detalhes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.