ASP é morto a tiros em frente de casa em Campinas

0
46

 

 

Mais um agente de segurança penitenciária (ASP) foi assassinado. Desta vez o crime ocorreu em Campinas, onde o servidor Cleoni Geraldo Lima, 50 anos, residia. Lima exercia suas funções na Penitenciária “Ataliba Nogueira”, de Hortolândia.

 

O ASP foi morto a tiros na noite de terça-feira (7) com sete tiros de arma calibre 9 milímetros, segundo a Polícia Militar. De acordo com as informações, dois homens desceram de um carro e começaram a atirar no agente penitenciário, que foi atingido por dois dos disparos na cabeça.

 

Testemunhas apontam que, mesmo baleado, o ASP tentou fugir conseguindo correr por cerca de 20 metros, mas foi perseguido pelos assassinos que acabaram realizando outros disparos. Lima foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Doze cápsulas foram encontradas no local e o veículo do ASP também foi atingido pelos disparos. É com grande pesar que o Sindasp-SP e a categoria lamentam o assassinato de mais um servidor penitenciário e cobram atitude do governo, por meio da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.