ASP feminina é agredida na Penitenciária de Pirajuí

0
74

 

 

A agente de segurança penitenciária (ASP), Mara Rodrigues Ribeiro, foi agredida na manhã desta terça-feira (14) na Penitenciária Feminina de Pirajuí.

 

De acordo com as informações, uma sentenciada da unidade há tempos vinha pedindo “bonde” para Ribeirão Preto, com o objetivo de ficar perto da família, e teve o pedido negado.

 

Na manhã desta terça-feira (14) a detenta se recusou a ir para a tranca após banho de sol e acabou derrubando a servidora no chão, desferindo socos e pontapés. Imediatamente as outras funcionárias socorreram a companheira.

 

Não houve lesões graves, mas a ASP registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia e foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou pelo exame de corpo de delito. A reportagem manteve contato na unidade para saber se havia sido aplicada alguma punição, mas não obteve a informação.

 

Em janeiro de 2012, o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo Grandolfo, esteve reunido com o secretário da Administração Penitenciária, Lourival Gomes, e com o coordenador das unidades prisionais da Região Oeste, Roberto Medina, para discutir os casos de agressões contra agentes penitenciários. Na oportunidade, o secretário se comprometeu em tomar as medidas necessárias para por fim aos ataques e punir os responsáveis. Desde então, o secretário tem punido exemplarmente todos os casos de agressões contra servidores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.