ASP participa da Copa Sudoeste de Montain Bike 2019

0
27

O agente de segurança penitenciária (ASP), Edmilson Gensen Leandro, de 43 anos, está participando da Copa Sudoeste de Montain Bike 2019. As provas têm nove etapas e acontecem pelo interior paulista, com encerramento previsto para novembro.

Com 17 anos de Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o ASP é lotado no Centro de Ressocialização (CR) de Itapetininga, a 168 quilômetros da capital paulista. Edmilson sempre foi apaixonado por exercícios físicos, praticando desde a adolescência a corrida, o futebol e a academia ao ar livre.

Não estando satisfeito com as atividades que já praticava, o agente decidiu aprender a nadar. E a partir daí aderiu à natação, corrida e ciclismo, possuindo uma preferência maior pela última modalidade.

Este ano iniciou na Copa Sudoeste de Montain Bike, descobrindo uma de suas novas paixões, na qual está classificado em 10° lugar na categoria geral, dentre os 37 atletas cadastrados, de 40 a 44 anos, nas 5 etapas concluídas até o momento.

Ele também relembra emocionado como adquiriu sua primeira bicicleta. “A minha primeira bike foi uma speed usada. Eu queria ganhar resistência para competir no campeonato Audax Randoners São Paulo de 2018, um percurso de 200 quilômetros”, disse o agente.

Essa prova foi a mola propulsora para Edmilson começar a competir tanto na modalidade speed quanto na Montain bike. Além disso, Edmilson percorreu 320 quilômetros em quatro dias, conhecido como o Caminho da Fé, que liga as cidades de Água da Prata a Aparecida, ambas no interior paulista, em um percurso de serras, vales e estradões, uma aventura pela divisa entre os estados de São Paulo e Minas Gerais.

Aproveitando a flexibilidade do trabalho como plantonista, o agente aproveita os dias de folgas para treinar. Se reveza entre o ciclismo e o fortalecimento na academia e conta como sua vida mudou depois da prática destas atividades.

“Minha alimentação melhorou, me tornei uma pessoa disciplinada, concentrada e determinada, não apenas para as atividades esportivas, mas em tarefas comuns do dia a dia, ganhei novos amigos e um estilo de vida saudável, porém tive também algumas perdas. Horas de lazer e tempo com a família são algumas das coisas que tive de renunciar”, comenta o agente.

Entre laços

Edmilson nunca esteve sozinho nessa jornada. Ele contou com o apoio de colegas que fez ao longo dos treinos, em deles é Luiz Gasparelli. Segundo o ASP, os primeiros contatos com Gasparelli começaram no local de trabalho, pois este também é agente e trabalha no CR de Itapetininga, mas a aproximação aconteceu quando os dois passaram a fazer treinos e provas de bike juntos.

Já a amizade com o triatleta Paulo Henrique, também agente de segurança, começou durante um evento da Comissão Interna de Prevenções de Acidentes (Cipa), em Sorocaba, e ao longo da conversa o assunto trianthlon fomentou o diálogo, já que PH – como é bastante conhecido – estava iniciando sua vida no atletismo.

Os treinos das três modalidades já ocorriam anteriormente, mas foi devido aos fortes laços de amizade que Leandro tornou-se um competidor.


Fonte: SAP

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.