Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo comemora 65 anos

0
18

Para comemorar os 65 anos da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Adpesp) foi realizada nesta sexta-feira, 14/11, por solicitação do deputado Fernando Capez (PSDB), sessão solene no plenário Juscelino Kubitschek, com a participação expressiva de representantes da Polícia Civil paulista.

 

Capez enumerou diversas conquistas obtidas pela classe dos delegados de polícia, entre elas a aprovação da proposta de emenda constitucional que reconheceu o status de carreira jurídica dos delegados. O parlamentar afirmou ainda que estará empenhado para que a categoria obtenha remuneração compatível com esse reconhecimento. “O trabalho determinado da Adpesp merece ser referendado com substantivos. Basta ser descritivo para reconhecer a importância da atuação da entidade”, disse Capez.

 

“O reconhecimento da Casa do povo paulista demonstra o reconhecimento de toda a população aqui representada”, avaliou o delegado-geral de Polícia Civil do Estado, Luiz Maurício Souza Blazeck. Ele assegurou que a Polícia Civil é uma instituição politicamente madura, “que refuta o confronto e busca o diálogo”.

 

Blazeck destacou ainda a relevância da participação feminina na Polícia Civil, da qual uma das representantes é a presidente da Adpesp, Marilda Pansonato Pinheiro. Agradecendo a colaboração dos mais de 4 mil associados da entidade, Marilda considerou o reconhecimento da carreira jurídica dos delegados como “o primeiro passo para ocupar o patamar que merecemos na segurança pública do Estado”.

 

Participaram também da sessão solene, entre outros, o general João Camilo Pires de Campos, chefe do Comando Militar do Sudeste; o juiz Kleber Leyser de Aquino, assessor de Assuntos de Segurança Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; e o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP). Faria defendeu a volta, para o âmbito da Polícia Civil, da corregedoria da instituição, atualmente subordinada diretamente ao gabinete do secretário da Segurança Pública.

 

 

Fonte: Alesp

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.