Câmaras de Andradina, Santos e Rio Preto também apoiaram Sindasp durante a greve

0
11

Colaborou com a reportagem, Gian Nascimento (Estagiário da Assessoria de Imprensa)

 

As Câmaras Municipais de Andradina, Santos e S. J. do Rio Preto aprovaram por unanimidade moções de apoio as reivindicações dos agentes de segurança penitenciária (ASPs) que culminou com a greve geral de 10 a 26 de março.

 

Os documentos foram aprovados em Sessões Ordinárias realizadas nos dias 17, em Andradina, 24, no litoral, e 25, em Rio Preto, e tiveram como autores os vereadores municipais Silas Carlos de Oliveira, Sergio Caldas Santana e Celi Regina da Cruz, respectivamente.

 

Em suas considerações, as moções enfatizam a importância do ASP dentro das unidades prisionais e que as melhorias nas condições de trabalho e salariais, assim como a valorização da categoria são justas e necessárias.

 

É considerada ainda, a dificuldade no bom andamento dos trabalhos nas unidades, visto que grande parte delas comporta mais detentos do que suportam e há alguns anos, o número de funcionários nos presídios é bem inferior ao necessário, portanto a não aceitação das reivindicações acabaria causando transtornos físicos e psicológicos ainda maiores aos ASPs e familiares.

 

Assim como as Câmaras de Presidente Prudente e Rancharia, que também enviaram seus votos de apoio à greve no sistema penitenciário, o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, agradece aos vereadores de Andradina, Santos e S. J. do Rio Preto por caminharem ao lado da categoria durante estes dias de luta.

 

Clique aqui ou no anexo acima e confira as moções.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.