Campanha Um olhar amigo ressalta o cuidado com o próximo

0
29

Mundialmente, no mês de setembro, é realizada a campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, conhecido como Setembro Amarelo. Na Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro), subordinada à Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), os estabelecimentos penais, por meio de suas Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (Cipas), promoveram atividades informativas sobre a campanha.

O Centro de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor (CQVidass) Metropolitano promoveu a campanha “Um olhar amigo”, com foco na observação de alguns sinais que possam indicar o pensamento suicida do outro. A campanha ressaltou que, em alguns casos, as pessoas não buscam ajuda, mas a aceitam quando oferecida, razão pela qual o cuidado com o outro é tão importante.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas morrem em decorrência do suicídio, todos os anos, sendo a segunda maior causa de morte entre os jovens. Ainda de acordo com a OMS, a prevenção é fundamental para reverter esse quadro, por meio da educação e de diálogos sobre o problema.

Ações

Palestras, rodas de conversas, cartazes e dinâmicas proporcionaram aos servidores da SAP um entendimento ainda mais enfático sobre o suicídio. Na Penitenciária Feminina Sant’Ana, por exemplo, o grupo de psicólogos acolhedores, formado por Fernando dos Santos, Daniele Gomes, Érika Godoy e Aline Costa apresentou o histórico da campanha realizada em todo o mundo e alertou para olhar o próximo com calma e atenção. Destacaram que a correria do dia a dia pode fazer as pessoas levarem a vida no “automático”, mas que a nossa presença é o melhor presente que podemos dar.

Na Penitenciária “Nilton Silva”, de Franco da Rocha, os servidores realizaram uma caminhada nos arredores da unidade prisional, levando bexigas e laços na cor amarela. Ao final, os participantes da atividade assistiram uma palestra da psicóloga da unidade, Erica Eneas, que abordou a importância de se debater o tema da campanha.

Unidades que realizaram ações:

– CDP Belém I
– CDP Belém II
– CDP Diadema
– CDP Feminino de Franco da Rocha
– CDP Guarulhos I
– CDP Guarulhos II
– CDP “ASP Nilton Celestino” de Itapecerica da Serra
– CDP de Mauá
– CDP “Éderson Vieira de Jesus” de Osasco
– CDP “ASP Vanda Rita Brito” de Osasco
– CDP “ASP Vicente Luzan da Silva” de Pinheiros
– CDP “ASP Willians Nogueira Benjamin” de Pinheiros
– CDP Pinheiros III
– CDP Pinheiros IV
– CDP de Santo André
– CDP “Dr. Calixto Antônio” de São Bernardo do Campo
– CDP de Vila Independência
– CPP de Franco da Rocha
– CPP de São Miguel Paulista
– Penitenciária “Mário de Moura e Albuquerque” de Franco da Rocha
– Penitenciária “Nilton Silva” de Franco da Rocha
– Penitenciária “José Aparecido Ribeiro” de Franco da Rocha
– Penitenciária “José Parada Neto” de Guarulhos
– Penitenciária Feminina da Capital
– Penitenciária Feminina de Sant’Ana
– Penitenciária “ASP Joaquim Fonseca Lopes” de Parelheiros


Fonte: SAP

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.