Conforme pedido do Sindasp-SP, CDP I de Belém já tem um raio automatizado

0
104

Colaborou com a reportagem, Gian Nascimento (Estagiário da Assessoria de Imprensa)

 

O Centro de Detenção Provisória (CDP) I de Belém, localizado na Zona Leste de São Paulo, já conta o seu primeiro raio automatizado. Na última segunda-feira (9) foram concluídas as obras no raio 2 da unidade e ainda nesta semana deve iniciar o processo de automação no raio 1.

 

Automatização começa a se tornar realidade nas unidades do Estado (Foto:Sindasp-SP)

 

Os trabalhos estão sendo realizado pela equipe da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste (Croeste), que conta com oito servidores, supervisionados pelo diretor de Núcleo de Trabalho e Educação da penitenciária I de Presidente Bernardes, Marco Antonio de Santana, o Marquinhos.

 

A automação da unidade é um pedido do presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, como forma de diminuição das agressões aos agentes de segurança penitenciária (ASPs) intensificadas desde dezembro do último ano.

 

Além dessa, também foram pedidas pelo Sindasp-SP as automações das penitenciárias de Martinópolis, Mirandópolis, Presidente Prudente, Álvaro de Carvalho, Getulina, Lucélia, Tupi Paulista e Pacaembu e dos CDPs de Riolândia e Santo André.

 

Neste ano, duas unidades já foram entregues com 100% das portas das celas automatizadas: a penitenciária de Dracena e o CDP de S. J. do Rio Preto.

 

Novas unidades também serão automatizadas

 

Durante a inauguração do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Riolândia, o governador do Estado, Geraldo Alckmin, atendeu a solicitação do Sindasp-SP e garantiu que todas as novas unidades do Estado já serão entregues com 100% dos raios automatizados.

 

Alckmin, inclusive, gravou um vídeo exclusivo para o Sindasp-SP falando sobre o assunto. Confira:

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.