Congresso do PT propõe modernização para a Segurança Pública

0
6
Modernização da Investigação, Ciclo Completo de Polícia e Carreira Única são bandeiras para a Segurança Pública Brasileira do Partido dos Trabalhadores. Os temas foram discutidos no 5º Congresso Nacional, realizado em Salvador no último dia 21 de junho.
 
Segundo a Resolução 17 da Carta de Salvador, a modernização da Investigação, acabando com a investigação cartorária. O documento aponta que o modelo adotado hoje no país com o inquérito policial, é ineficaz, trazendo as figuras inquisitoriais do indiciamento e intimação para depor em unidade policial, indo de encontro aos direitos individuais do cidadão.
 
Além disso, a Resolução prevê a reforma das carreiras policiais, garantindo a entrada única e a possibilidade de progressão até o nível mais alto da hierarquia. “A existência de duplicidade de carreiras, com estatura distinta nas diversas instituições policiais, é reconhecidamente causadora de graves conflitos internos e ineficiências”.
 
Outra bandeira apresentada na Carta é o Ciclo Completo de Polícia. O modelo concentra as atividades ostensivas e investigavas prevenção e repressão, em uma mesma força, notadamente nas atuais polícias ostensivas. A Resolução aponta, também, que essa mudança trará enorme impacto positivo nos índices de elucidação de delitos, possibilitando que os autores de crimes sejam levados diretamente à Justiça.
 
Segundo o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Jones Leal, as bandeiras propostas da Carta de Salvador corroboram com a luta dos policiais federais para a modernização da segurança pública. “Diante do que foi apresentado, a Fenapef tem muito o que colaborar para a construção de uma polícia republicana e realmente democrática para o país”.
 
Fonte: Agência Fenapef
 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.