Coremetro realiza regularmente simulações de evacuação de prédio com servidores

0
36

Ocorre com regularidade um simulado de evacuação do prédio na Coordenadoria das Unidades Prisionais da Região Metropolitana (Coremetro), para checagem de todos os procedimentos e a eficácia do treinamento. A equipe de Prevenção e Combate a Incêndios (PCI) é formada na Coremetro.

 

Para segurança de todos, antes dos treinamentos serem implantados nas unidades foi feita uma vistoria por toda coordenadoria da SAP para saber se atendia as condições de segurança, podendo apenas aplicar o treinamento após a inspeção.

 

O treinamento para os servidores consiste na utilização de uma sirene tocada pela equipe do PCI que efetua a evacuação do prédio, de sala em sala, instruindo as pessoas a caminhar sempre em fila indiana e do lado direito do corredor para alcançar a saída. Após chegarem ao lado de fora do prédio, é criado um princípio de incêndio, onde servidores do PCI utilizam extintores de incêndio portáteis para combate ao fogo. O tempo obtido na recente evacuação do prédio principal e do anexo foi de três minutos e 20 segundos.

 

Uma vitória para a Coremetro é ter conquistado o documento Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que comprova que o edifício possui todas as condições de segurança estabelecidas pela lei.

 

Em outras unidades

 

O mesmo treinamento para evacuação de prédio ocorreu também na Penitenciária II em Guarulhos, que contou com orientação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da unidade e apoio dos docentes credenciados da Escola de Administração Penitenciária (EAP) nas disciplinas de prevenção e combate a incêndios e resgate e pronto-socorrismo que atuam na Coremetro, para ajudar na evacuação dos edifícios de carceragem e administrativo da unidade prisional. Contou também com a encenação de um acidente de queda, onde os funcionários aprenderam a lidar com situações de primeiros socorros.

 

O encerramento teve a explicação aos participantes sobre a necessidade frequente de fazer treinos como esse para prevenção de futuros acidentes.

 

Recentemente, o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mauá, também recebeu a prática que teve como destaque das demais, a simulação de resgate nas alturas, utilizando um boneco e equipamento apropriado.

 

Foram confirmadas as próximas simulações de prevenção no CDP de Pinheiros II, Penitenciária I e II de Franco da Rocha, CDP de Itapecerica da Serra e Penitenciária de Parelheiros.

 

Fonte: SAP

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.