Depen promove programa de capacitação em Inteligência Penitenciária

0
29
O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, realizará nos dias 25, 26 e 27 o lançamento do Programa de Capacitação e Pesquisa em Inteligência Penitenciária e a III Reunião de Trabalho dos Técnicos sobre Inteligência Penitenciária. O encontro ocorrerá no auditório Tancredo Neves do Ministério da Justiça.
 
O objetivo do programa é garantir o aperfeiçoamento, a integração e a promoção das entidades de inteligência prisional das unidades federativas, instituindo uma política nacional alinhada aos padrões internacionais de gestão e tratamento da informação.
 
O evento é voltado para os secretários de Justiça dos estados e para os técnicos de inteligência penitenciária.
 
O diretor geral do Depen, Renato De Vitto, abrirá os trabalhos durante o lançamento do programa.
 
Programa de Capacitação e Pesquisa em Inteligência Penitenciária – Escola Nacional de Serviços Penais (ESPEN)
 
25 de maio
 
Abertura
 
Local: Auditório Tancredo Neves 
 
Horário: 19h
 
26 de maio
 
Conferência sobre grupos organizados no sistema carcerário – Prof. Camila Nunes Dias
 
Local: Auditório Tancredo Neves
 
Horário: 10h
 
Intervalo para almoço: 12h30
 
Conferência de representante da ONU: Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) – Nivio Nascimento – Coordenador da Unidade de Estado de Direito
 
Horário: 14h30
 
Intervalo: 16h30
 
Mesa sobre integração entre inteligência penitenciária e inteligência policial – Coordenação Geral de Inteligência DISPF-DEPEN e Diretoria de Inteligência Policial do Departamento de Polícia Federal
 
Horário: 17h00
 
27 de maio
 
Reunião de trabalho dos técnicos sobre inteligência penitenciária – ENCHOIPEN
 
Local: Auditório do DEPEN, SCN 3 – Edifício Victoria, Brasília-DF
 
Horário: 9h00
 
Fonte: Ministério da Justiça
 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.