Diretor de penitenciária de Mirandópolis é afastado

0
31

O diretor da Penitenciária “Nestor Canoa”, Paulo Sérgio da Silva, de Mirandópolis, foi substituído pela Secretaria da Administração Penitenciária. Em nota, o órgão informou que seu afastamento do comando ocorreu em razão de “problemas de gestão que vinham ocorrendo”. Segundo a secretaria, o ex-diretor voltou ao seu cargo de origem, sem informar qual é. 

Questionada pela reportagem sobre denúncia de suposta irregularidade cometida pelo diretor, feita pelo Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo – unidade de Mirandópolis, a Secretaria da Administração Penitenciária afirmou que a área técnica da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste apura o caso “em caráter sigiloso, por questões legais e éticas”, e que “caso haja procedência, todo o material será enviado à Corregedoria Administrativa do Sistema Penitenciário, órgão vinculado diretamente ao Gabinete do secretário da Administração Penitenciária, para as providências administrativas pertinentes.”

A reportagem tentou falar com o ex-diretor, mas ele não foi encontrado. A Penitenciária “Nestor Canoa” tem capacidade para 1.673 presos, mas até o último dia 19 estava com 2.323 detentos.

 

Fonte: Folga da Região

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.