Diretor do Deap de SC é exonerado

0
15

Diretor do Deap de Santa Catarina é exonerado após denúncias de tortura contra presos

Hudson Queiroz é suspeito de participar de agressões em unidades prisionais do Estado
O diretor do Departamento de Administração Prisional (Deap) de Santa Catarina, Hudson Queiroz, foi exonerado pelo governador Luiz Henrique da Silveira nesta quarta-feira após denúncias de tortura em unidades do Estado. O nome do novo diretor deve ser divulgado nesta quinta-feira.

Segundo a versão oficial divulgada pelo Centro Administrativo, Queiroz teria pedido para deixar o cargo. Depois de conversar com o secretário da Segurança, Ronaldo Benedet, Luiz Henrique teria decidido pela exoneração.

O ex-diretor do Deap é suspeito de comandar agressões contra presos na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis. As imagens da violência foram exibidas no domingo no Fantástico, na Rede Globo.

Imagens e fotos mostrariam o envolvimento de Queiroz em casos de violência. Ele também teria batido com uma mangueira em detentos em um dos episódios divulgados, em Tijucas, de acordo com reportagem da RBS TV.

Críticas à Secretaria

O ex-diretor de Deap concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, pouco depois do anúncio da exoneração, antecipado pelo colunista político do Grupo RBS Moacir Pereira em seu blog.

Queiroz fez críticas à Secretaria de Segurança Pública, dizendo que o Deap foi abandonado pelo órgão, e acusou a Polícia Civil de agir contra os agentes prisionais.

Afirmou, ainda, que sua família se sente ameaçada e disse não saber quem gravou as imagens da violência na Penitenciária de São Pedro de Alcântara.

Fonte:
__________________
IMPRENSA SINDASP-SP
imprensa@sindasp.org.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.