Diretor do Sindasp Marília, Luciano Carneiro vai oficializar SPPREV

0
1085

O Sindasp através do Diretor Regional de Marília, Luciano Carneiro vai oficializar a SPPREV – São Paulo Previdência para explicar a discrepância entre os Policiais Penais e outras classes.

De acordo com Luciano Carneiro após várias reclamações de filiados chegou à conclusão que existe uma discrepância para os aposentados da SAP e o de outras secretarias. “Analisei o holerite de um dos nossos associados e fiz algumas considerações, explica Carneiro.

Segue abaixo as considerações:

  • Salário Total: 7.042,55
  • Totais dos descontos previdenciários:
  • Contribuição Previdenciária 11%  – 13,81
  • Contribuição Previdenciária 16%  – 130,55

Total 144,36 (Valor que gerou dúvida, pois de acordo com a  norma vigente o valor deveria ser cobrado  16% do que ultrapassasse o teto do R.G.P.S., no caso em tela, o salário total do funcionário é de  7.042,55, sendo o valor do teto do  R.G.P.S. de 6.101,00 ou seja  a diferença é de  941,55, sendo que deveria incidir os descontos de 16% desse valor, que daria a importância de 150,64.

Após essa analise o Diretor do Sindasp formulou algumas questões que serão abordadas no ofício.

– O Sindasp, irá em busca sobre a diferença de cobrança de tais valores

– Também concluímos até o momento que não houve o desconto de 27% como alguns funcionários estão pensando, nem sobre o valor total do salário, nem sobre a diferença do R.G.P.S.

– Iremos questionar o porquê outras classes não estão tendo o referido desconto.

– Outro ponto que será averiguado está no retorno do desconto do valor previdenciário após a vigência da L.C.1354 de funcionários aposentados que tinham isenção após serem acometidos de doenças debilitantes, em nenhum momento a SPPREV informou aos mesmos sobre tal cobrança, e nem deixou qualquer tipo de orientação no seu site.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui