Diretores e advogado do Sindasp acompanham filiado durante declaração de averiguação

0
22

 

Os diretores administrativos do Sindasp-SP, Ricardo Alexandre da Silva (Regional de Taubaté), Donizete de Paula Rodrigues (Regional de São José do Rio Preto) e o advogado do Sindasp-SP, Everton Ribeiro (da Regional de São Paulo), estiveram no Centro de Detenção Provisória (CDP)de Caraguatatuba, no último dia 9, para acompanharem as declarações do filiado Fernando Augusto Grossi de Brito, que conduzia a ambulância da unidade durante a fuga de um detento. Os diretores e o advogado foram dar suporte ao filiado que seria ouvido para averiguação. O filiado também foi devidamente orientado pela advogada do Sindasp-SP em Taubaté, Natália Taolicci.

 

Diretores Donizete de Paula Rodrigues e Ricardo Alexandre da SIlva, com o advogado 

 

O servidor conduziu a ambulância em que o detento foi encaminhado para atendimento externo no Pronto Socorro do município. Todos os padrões foram rigorosamente obedecidos e o detento estava devidamente algemado nos pés e mãos.

 

Após o atendimento, o servidor conduzia a ambulância de volta à unidade prisional, quando o detento conseguiu abrir a algema dos pés e, na sequência, arrombou a porta e saltou do veículo em movimento. O detento se embrenhou por um lamaçal em direção a uma mata. Apesar de o servidor e policiais militares terem perseguido o detento, ele conseguiu fugir. A fuga ocorreu em 28/12/2013.  

 

Mais uma vez, o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, ressaltou a importância de não se dar nenhuma declaração sem a presença de um dos advogados da instituição. “Nenhum filiado deve dar qualquer declaração sem a presença de um dos nossos advogados. Não medimos esforços para atender nossos filiados e vamos a qualquer região do Estado para defender e acompanhar nossos filiados”, disse Grandolfo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.