Diretoria decide chamar Assembleia Geral da categoria para discutir agressões, assassinatos e outros graves problemas do sistema penitenciário

0
19

 

 

Edital publicado no Jornal Agora SP, de circulação estadual, sábado, 13 de setembro de 2014. página A4

 

 

Em reunião da Diretoria Executiva do Sindasp-SP, realizada na noite de quinta-feira (11) na sede estadual, foi definido que a categoria será convocada para uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE). A assembleia discutirá os graves problemas enfrentados pelos agentes de segurança penitenciária (ASP) no exercício de suas funções e fora das unidades prisionais.

 

Serão realizadas assembleias em quatro locais diferentes, simultaneamente, na mesma data e horário, na próxima quinta-feira (18), às 19h, (primeira chamada), ou às 20h, (segunda e última chamada). As reuniões ocorrerão na Sede Estadual do Sindasp-SP em Presidente Prudente e nas sedes regionais de São Paulo, Marília e Ribeirão Preto.

 

Estarão em pauta os seguintes assuntos: as ações que deverão ser tomadas pela categoria visando a solução dos graves problemas do sistema penitenciário, tanto de atentado contra a categoria externamente, quanto as agressões internas, além da falta de estrutura, efetivo e condições de trabalho. Outras deliberações pertinentes ao assunto também poderão apresentadas pela categoria.

 

Até o dia 17, todos os servidores, independentes de serem filiados ou não, poderão encaminhar propostas de ações para serem discutidas na AGE. As propostas devem ser enviadas diretamente para o Diretor Jurídico do Sindasp-SP, Rozalvo José da Silva, pelo e-mail: rozalvo@sindasp.org.br. Todas as propostas recebidas serão avaliadas e levadas à deliberação dos presentes nas quatro assembleias.

 

Vale lembrar que, apesar de o Sindasp-SP possuir treze sedes, as assembleias serão realizadas em apenas quatro locais devido ao prazo curto, questão logística e financeira. Além disso, também pelo fato de que ainda não há delegados do Sindasp-SP em todas as unidades prisionais do Estado.

 

As unidades poderão eleger um delegado do Sindasp-SP, que seja filiado ao sindicato, para se tornar porta voz da categoria nas respectivas unidades. Os nomes dos delegados escolhidos deverão encaminhados para a instituição, via e-mail, para imprensa@sindasp.org.br, até 17/09. Os nomes serão levados para aprovação em assembleia.

 

Durante a reunião, também ficou definido que o Sindasp-SP encaminhará ofício para as autoridades (governo de São Paulo, Ministro da Justiça, presidentes do Congresso, Ministros do Judiciário, Ministério Público Federal e Estadual, OAB e demais órgãos) cobrando um posicionamento e ação contra os assassinatos e agressões generalizadas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.