EAP forma mais 55 Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária

0
158

A Cerimônia aconteceu no auditório da Escola de Administração Penitenciária “Dr. Luiz Camargo Wolfmann” (EAP), no dia 27 de setembro, e contou com a presença de autoridades e familiares dos fomandos. Duas turmas com 55 servidores masculinos da Secretária de Administração Penitenciária (SAP) receberam o certificado de formação de Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária (AEVPs).

Na solenidade a mesa foi composta pelo secretário da SAP, Lourival Gomes; Amador Donizete Valero, chefe de gabinete; Leda Maria Gonzaga, diretora da EAP; e Antonio José de Almeida, coordenador das Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro). “O sistema prisional de São Paulo é o melhor não é porque tem mais presos. O sistema prisional de São Paulo é o melhor porque tem os melhores funcionários”, enfatizou Gomes.

O curso foi realizado no período de 2 de maio a 8 de setembro deste ano, na sede da EAP, por meio do Centro de Capacitação e Aperfeiçoamento de Agentes de Segurança Penitenciária (Cfaasp).

O formando Lucas Nascimento, conta que irá se dedicar ao trabalho e proporcionar coisas boas à sua família. Sua esposa, Rose Nascimento, que veio de Uberlândia prestigiá-lo, disse que o mais difícil durante o curso foi a distância. Outro formando, Alek Sandro Souza que veio de São José do Rio Preto, também aborda a questão da distância e diz que deseja vivenciar na prática, o que aprendeu, e tentar dar o seu melhor diariamente.

No fim do evento, aconteceu uma surpresa: o servidor Maxwel Fabricio da Silva gravou um vídeo falando sobre sua experiência no curso e a importância da família e de sua namorada durante esses últimos meses. Ao final do vídeo, ele convidou sua namorada para ir ao palco e a pediu em casamento, emocionando a todos com o “sim”.

Fonte: SAP


Imprensa Sindasp-SP

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.