Governador do PI afirma que grevistas terão salários descontados

0
17

O governador Wellington Dias afirmou que não negociará com categorias em greve. A determinação do Governo é descontar dos salários dos servidores os dias parados. Segundo Wellington Dias, existe um plano de cargos, carreiras e salário em andamento e não tem porque haver greve. Ele ainda reforçou que, se houve greve das polícias, vai convocar a Força Nacional de Segurança para fazer a segurança da população do Piauí. O secretário de Segurança Pública, Robert Rios, afirmou que os policiais militares recebem bolsa formação e que perderão este beneficio ao fazerem greve. Os civis vão perder as gratificações. O secretário de Fazenda, Antônio Neto, disse que não vai se reportar sobre isso. ‘O governador é quem se pronuncia sobre isso’, esquivou-se.

Os policiais informaram que só atenderam nas delegacias as denúncias para apurar crimes hediondos como: homicídio, estupro, tráfico e tortura. Os professores informaram que não estarão nas salas de aula a partir da próxima semana. Os servidores do Detran-PI param as atividades na próxima segunda-feira. Os médicos também informaram que só vão atender casos de urgência e emergência. Não haverá atendimento ambulatorial. A determinação do governador Wellington Dias é que os servidores em greve terão descontos dos dias parados em seus vencimentos.

‘Haverá desconto de salários. Será cortado adicional noturno. Todos os pontos serão cortados. Os grevistas também não receberão vale-refeição. É determinação expressa do governador. O vale-transporte e o adicional noturno também serão cortados’, assegurou o secretário Robert Rios. ‘Todos os soldados da PM recebem Bolsa Formação que equivale a 40% do seu vencimento. Policial que recebe benefício e grevar, automaticamente, perderá o benefício. E se perder não recebe mais de volta este ano.’, advertiu o secretário.

‘Eu acho que a greve neste momento é inoportuna. Estamos vivendo um instante de crise internacional. O governo não se opõe a nada. Nunca vi uma greve dentro da polícia ter a simpatia a população. Nós vamos trabalhar ainda mais para garantir que tudo transcorra na maior normalidade.’, analisou Robert Rios.’A segurança vai melhorar com esta greve. Porque vamos tirar gente da máquina burocrática’, completou.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Jacinto Teles, disse que as categorias estão insatisfeitas com o governador, o Governo descum-pre a legislação, dá dinheiro para filme, mas não tem para dar reajuste para servidores. Ele voltou agora de Brasília com mais de meio bilhão de reais para usar em socorro aos alagados, porque não cumpre a lei do plano de cargos e salários?, questionou o sindicalista.

Fonte: TV Canal 13
__________________
IMPRENSA SINDASP-SP
imprensa@sindasp.org.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.