Governo de São Paulo anuncia corte nos gastos públicos

0
23

O governo do estado de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (28) medidas para tornar possível a revogação do aumento das tarifas de trens, de metrô e de ônibus intermunicipais.

 

O anúncio foi feito pelo governador Geraldo Alckmin. Segundo ele, o corte nos gastos públicos será a forma de compensar a revogação do aumento das tarifas de transporte, sem comprometer investimentos.

 

“Não fabricamos dinheiro, temos que ter equilíbrio orçamentário e de outro lado não podemos cortar investimento. Estamos apresentando todas as medidas que tomamos de tal forma que em 2013 e 2014, nós não vamos precisar alterar um centavo dos investimentos”, explicou Alckmin.

 

Entre as medidas  está a venda de um dos helicópteros oficiais que são usados pelo governador. A economia estimada é de R$ 4,5 milhões por ano.

 

O governo vai diminuir em 10% a frota de carros próprios e alugados. Ao todo, são quase 1.500 veículos. Segundo o governador, essa redução não atinge as áreas de  educação, segurança pública e saúde.

 

O pacote prevê ainda que a Casa Civil vai incorporar uma das secretarias de estado, haverá corte no custeio de secretarias e contratos com prestadores de serviços, como limpeza, serão renegociados. O Executivo também quer diminuir despesas com viagens e estabeleceu metas para poupar água, luz, telefone e combustível.

 

O governo de São Paulo decidiu extinguir mais de 2 mil cargos comissionados que estão vagos. Essa medida não tem impacto no orçamento, mas evita gastos futuros. Ao todo, a estimativa é que o pacote gere uma economia de R$ 350 milhões até o fim de 2014.

 

Fonte: G1

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.