Governo federal reduz em 18% a verba para segurança pública

0
19

Corte é equivalente a R$ 200 milhões, suficiente para investir na capacitação de mais 45 mil policiais que ganham até R$ 1,7 mil

O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) vai contar com menos R$ 200 milhões em seu orçamento para 2009, um corte de 18% em relação ao ano anterior.

O valor seria suficiente para beneficiar mais de 45 mil policiais com o Bolsa-Formação, que prevê para cada profissional de segurança com salário de até R$ 1,7 mil uma gratificação de R$ 400 desde que esteja matriculado em cursos de capacitação credenciados pelo Ministério da Justiça.

O incentivo ao trabalho de agentes de segurança, como a valorização e a requalificação de profissionais, também sofrerá corte pelo Ministério da Justiça.

Segundo o site Contas Abertas, neste ano, o programa vai destinar pouco mais de R$ 47 milhões contra R$ 52 milhões investidos no ano passado. Uma queda de 10%.

Fundo aplicou só 41% dos recursos

O ano de 2008 foi marcado pelo menor desempenho orçamentário dos últimos seis anos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), considerado uma das principais ações do governo para financiar e apoiar atividades voltadas à segurança pública. Foram destinados ao Funpen apenas R$ 85,2 milhões de uma previsão de R$ 206 milhões. O montante pago pelo fundo em 2008 foi ainda 66% menor que o registrado no ano anterior.

Presídios vão ter escâneres

Até março, seis Estados terão uma nova arma contra a entrada de objetos ilegais em presídios. O Ministério da Justiça anunciou, ontem, a compra de escânerescorporais para a revista de visitas e presos. São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Amazonas terão o aparelho ao custo de R$ 640 mil cada.

Fonte: Destak

______________
Imprensa Sindasp
imprensa@sindasp.org.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.