Hospital do Servidor ganha novo pronto-socorro

0
13

Foi entregue nesta segunda-feira, 19, a reforma do pronto-socorro do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), que atenderá pacientes do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe).

 

“Aumentamos o número de consultórios, multiplicamos as salas de espera e fizemos investimentos para melhorar o fluxo dos pacientes. Tudo isso para oferecer um melhor atendimento aos que procuram o PS do Hospital”, disse o superintendente do Iamspe, Latif Abrão Junior.

 

O novo PS passa dos atuais 1.825 m² para 2.900 m² e agora tem mais estrutura para atender a população idosa, como consultórios e áreas físicas adaptadas com dimensões adequadas e acessibilidade.

 

O número de leitos no pronto-socorro passou de 44 para 53 e o de consultórios médicos, de 15 para 21. A sala de medicação, por sua vez, contará com 32 poltronas (até hoje eram 15) e outros seis leitos de observação. Já as salas de espera passam de 147 lugares para 341 lugares. Tais melhorias estavam previstas no projeto de reforma do hospital, que vem recebendo R$ 146,7 milhões em investimentos do governo do Estado.

 

O Instituto realizou um treinamento com todos os funcionários do PS para que recebessem orientações e vivenciassem o cotidiano do paciente idoso, com o objetivo de sensibilizá-los quanto à importância de um atendimento especializado e humanizado. “Os servidores da Saúde de São Paulo são referência em todo o país e fazem um trabalho importante e árduo a fim de manter o pioneirismo e o bom atendimento”, declarou o secretário da Saúde, Davi Uip.

 

O PS do HSPE realiza atualmente, em média, 20 mil atendimentos por mês, nas especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Ortopedia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Neurologia, Psiquiatria, Ginecologia e Pediatria.

 

Fonte: Portal do Governo do Estado

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.