Inicio Geral Jurídico entra com ação coletiva de sexta-parte

Jurídico entra com ação coletiva de sexta-parte

0

 

Carlos Vitolo

Assessor de imprensa do Sindasp-SP

imprensa@sindasp.org.br

 

O Departamento Jurídico do Sindasp-SP ingressou com uma ação coletiva para todos os filiados da instituição, pedindo os vencimentos integrais da sexta-parte.

 

O benefício deve corresponder a um sexto dos vencimentos integrais, no entanto, atualmente, o governo paga os valores somente sobre o salário-base e o Regime Especial de Trabalho Policial (RETP). A ação independe da solicitação do associado e não tem qualquer custo para os filiados.

 

Todos os servidores têm direito ao benefício ao completarem 20 anos no exercício de suas funções. O artigo 129 da Constituição Estadual determina que a sexta-parte seja paga com base nos vencimentos integrais:

 

“Art. 129 – Ao servidor público estadual é assegurado o percebimento do adicional por tempo de serviço, concedido no mínimo por qüinqüênio, e vedada a sua limitação, bem como a sexta parte dos vencimentos integrais, concedida aos 20 (vinte) anos de efetivo exercício, que se incorporarão aos vencimentos para todos os efeitos, observado o disposto no art. 115, XVI, desta Constituição”.

 

De acordo com o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, independente da ação coletiva, os filiados também poderão entrar com as ações de grupo. Para isso, deverão formar os grupos nas unidades e procurar uma das sedes regionais do Sindasp-SP. "O governo do não tem respeitado a determinação da Constituição Estadual utilizando somente o salário-base e o RETP para o cálculo da sexta-parte", disse Grandolfo.

 

Para mais informações, entre em contato com uma das sedes do Sindasp-SP ou com o Departamento Jurídico do sindicato, que se coloca à disposição através do email juridico@sindasp.org.br, ou pelo telefone (18) 3222-1661.

 

LEI 500/74 – Conforme publicamos em 29/11, todos os servidores do Estado, admitidos pela Lei 500/74, têm agora o direito garantido de receber licença-prêmio e sexta-parte. É o que descreve a publicação do Diário Oficial de 23 de novembro, na Seção Despachos do Governador. A garantia desse direito era conquistada somente através de ação judicial. Leia mais…

 


 

Direitos reservados. É permitida a reprodução da reportagem em meios impressos e eletrônicos, somente com a citação do crédito do jornalista e da Instituição Sindasp-SP (sob pena da Lei 9.610/1998, direitos autorais)

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile