Nenhum ASP de Bauru comparece à assembleia e região se posiciona contra a greve geral no sistema penitenciário

0
19

 

 

O presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, e o Diretor Administrativo da Sede Regional de S. J. do Rio Preto, Donizete de Paula Rodrigues, foram os únicos servidores que estiveram presentes na assembleia geral de greve, que estava agendada para acontecer ontem à noite (quarta-feira, 19) em frente ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP).

 

Presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, o Diretor Administrativo da Sede Regional de S. J. do Rio Preto, Donizete de Paula Rodrigues, e dois representantes da Força Sindical

 

De acordo com o presidente, eles estiveram em quatro unidades para convidar os agentes penitenciários a participarem da assembleia, mas “em todas elas ouvimos que tinham medo de greve por conta das punições em 2004”, disse Grandolfo. “Tentamos de todas as formas trazer os ASPs para assembleia, mas todos com os quais falamos alegaram ser contra a greve e não ficaram para assembleia. Pela primeira vez, não tivemos ninguém para assembleia de greve e todos os que conversamos em Bauru foram contra a qualquer tipo de paralisação”, finalizou o presidente.

 

Portanto, a região de Bauru se posionou contra a greve geral no sistema penitenciário. As assembleias têm o objetivo de consultar os servidores para que todos opinem sobre a proposta de greve geral que deverá ser decretada a partir do dia 10 de março, caso o governo não atenda as reivindicações da pauta 2013 da categoria.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.