NOTA DE FALECIMENTO: MORRE DIRETORA GERAL DA PENITENCIÁRIA FEMININA DA CAPITAL

0
5868

É com profunda tristeza e consternação que o Sindasp comunica o falecimento nesta terça (23) da Diretora Geral da Penitenciária Feminina da Capital, Ivete Barão de Azevedo Halásc.

Ivete faleceu por complicações causadas pela COVID-19.

Ivete era uma diretora exemplar e dedicada à sua unidade, zelosa e colaboradora, se apresentava ao trabalho sempre disposta a desempenhar da melhor forma suas funções.

Seguindo as resoluções da Agência Nacional de Saúde (ANS) e da Secretaria de Estado Saúde, os velórios estão com restrição de horário e capacidade de pessoas.

O Sindasp, lamenta o ocorrido e externa solidariedade aos familiares e amigos da diretora. O sindicato ainda pede a colaboração de todos funcionários do sistema prisional para seguir com rigor todas as recomendações dadas pela Organização Mundial da Saúde.

Homenagem dos funcionários da Penitenciária Feminina da Capital

É com imenso pensar que comunicamos o falecimento da Diretora Técnica III da Penitenciária Feminina da Capital, DOUTORA IVETE BARÃO DE AZEVEDO HALASC, na data de 23/02/2021. Mulher forte, guerreira, determinada que nunca deixava de pensar no “ser humano” estivesse ele dentro ou fora das grades, durante os 35 anos que se dedicou ao Sistema Prisional Paulista. Como uma boa Psicóloga, ela aconselhava, ensinava, corrigia e compartilhava os melhores momentos de risadas com todos os que estivessem por perto. Não media esforços para proporcionar o melhor à todos, servidores e reeducandas. Inovou, deu a cada um que estivesse disposto motivos para ter autoestima, deixando marcas e boas lembranças. Esposa, mãe e avó dedicada, amiga e uma profissional exemplar. Ouvinte e paciente com todos os problemas que chegavam até ela, e os resolvia sempre com delicadeza e amor… Rígida quando necessário, leve por escolha. Sempre ativa, permaneceu trabalhando até sentir os primeiros sintomas da Covid-19, em 25/11/2020. Lutou pela vida durante 90 dias de batalha, mas Deus em sua infinita misericórdia entendeu que ela cumpriu a sua jornada e que agora era a hora dela brilhar no céu. Fez história, deixou a sua marca e boas lembranças. Que nosso Pai Amado a receba em seu lar eterno.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.