NOTA DE REPÚDIO CONTRA RACHEL SHEHERAZADE

0
179

Tendo em vista a rebelião que ocorreu na última segunda-feira (29), no Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, a jornalista Rachel Sheherazade expressou em um vídeo postado em seu canal “Opinião”, no Youtube, um comentário que ofendeu e provocou indignação nos agentes penitenciários de todo o Brasil.

Em seu comentário, Sheherazade denigre, desonra e macula a integridade dos homens e mulheres que diariamente arriscam suas vidas dentro das unidades prisionais em busca do sustento digno de suas famílias.

De forma irresponsável, a jornalista diz que agentes prisionais são coniventes com armas e drogas que circulam nas cadeias. “O Estado brasileiro também é culpado quando ele deixa de intervir na criminalidade que acontece dentro dos presídios, ora, todo mundo sabe, armas e drogas circulam livremente nas cadeias sob o nariz, sob o olhar do Estado e com a conivência dos agentes prisionais”, disse Sheherazade.

No comentário, a jornalista afirma que nas cadeias há criminosos dos dois lados das celas, detentos e não detentos. “Todo mundo sabe, cadeias são um antro de criminosos, e criminosos dos dois lados das celas, se é que vocês me entendem. Os nossos presídios são masmorras, são depósitos de gente, são criadouros de criminosos, detentos e não detentos, se é que vocês me entendem”, ressalta. Assista ao vídeo.

Diante de tais gravíssimas afirmações inconsequentes da jornalista, como órgão representativo da categoria dos agentes penitenciários, o Sindasp-SP (Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo), manifesta a indignação da categoria e repudia tais falas irresponsáveis, que mancham a honra a dignidade dos agentes penitenciários.

Apesar das péssimas condições de trabalho, desvalorização e baixos salários, tais pais e mães de família arriscam suas vidas e são o Estado dentro das unidades prisionais para garantir que a sociedade esteja segura, inclusive, a própria Sheherazade.

Assim, como tal acusação chocou e manchou a honra dos agentes penitenciários de todo o Brasil, cobramos que a jornalista tenha a dignidade de reconhecer tal erro e que se retrate publicamente das declarações inconsequentes relatadas no vídeo, cumprindo um princípio básico do jornalismo, que é ouvir o outro lado do fato para que se estabeleça a verdade do fato.

â–ºSindasp ingressará com ação contra Sheherazade

Em defesa dos agentes de segurança penitenciária (ASP) do Estado de São Paulo, o Sindasp-SP ingressará na Justiça com uma ação contra a jornalista Rachel Sheherazade para que a mesma se retrate das acusações feitas à categoria no vídeo acima citado.

â–ºDeputado sargento Neri defende agentes penitenciários contra comentário de Sheherazade

O deputado estadual sargento Neri (AVANTE), por meio de vídeo, saiu em defesa dos agentes de segurança penitenciária (ASP) contra as acusações feitas pela jornalista. O vídeo foi gravado a pedido do Diretor Administrativo da Sede Regional do Sindasp-SP em Marília, Luciano Novaes Carneiro.

O deputado é membro da Comissão de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), disse que a jornalista “foi muito infeliz ao dizer que, nos dois lados da cela existem marginais”, disse o deputado.

Neri destacou que os “agentes penitenciários são profissionais honestos, honrados, que trabalham com a precariedade do governo, do Estado, que trabalham com baixos salários, mas cumprem o seu papel de forma honrosa”, disse o parlamentar. Assista ao vídeo com a fala do deputado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.