Opinião (deputado Olímpio Gomes) Vivemos uma guerra de mortes previstas e omissão declarada

0
20

Opinião ” Vivemos uma guerra de mortes previstas e omissão declarada

Olímpio Gomes*

 

Os números assustam. Quase cem policiais militares foram mortos neste ano, além dos policiais civis e agentes penitenciários que tombaram em ataques covardes, fruto da falta de ação de um governo que parece usar antolhos quando olha para suas polícias, tamanho é o descaso, o desprezo.

 

Não gosto de me referir às vítimas desses ataques apenas como policiais ou agentes da lei, pois eram homens com famílias, com amores e crenças. Homens que torciam por seus times, que passeavam com seus cães e tinham amigos. É importante que personifiquemos cada um deles, para que não virem números, estatísticas.

 

Mas devemos lembrar que agentes da lei são aquelas pessoas que saem de casa a cada dia para proteger o que é do cidadão, seu patrimônio, sua vida e sua segurança. São pessoas que correm riscos e que se transformaram em alvos potenciais e devem ser protegidas.

 

O PCC consegue organizar e coordenar ataques (entre outras coisas) pela incompetência do governo em impedir que seus líderes (que já foram presos) permaneçam isolados. Nos presídios os celulares entram com uma facilidade conhecida de todos. Uma organização criminosa cresce onde há espaço para isso, onde não há vontade política forte e firme para coibir suas ações. Digo ainda que a questão é estrutural, mas de base, e que a troca do secretário de Segurança não é a resposta.

 

A grande vítima disso tudo, num olhar mais amplo, é a sociedade. São as famílias que não podem mais sair de casa, nem deixar seus filhos nas ruas, por medo dos ataques. Somos todos reféns.

 

São Paulo está em situação de caos e abandono, e nossos policiais contando com a sorte e a solidariedade da família policial.

 

É preciso ação, é preciso que se tomem as rédeas deste Estado e entre outras coisas, num segundo momento, que se mude a legislação penal, e mais que isso, que se cumpra essa nova legislação. É preciso rever conceitos, adequar as leis às novas realidades sociais e punir aqueles que atacam o cidadão de bem.

Reaja São Paulo! Reaja Brasil!

 

Fonte: Alesp / Olímpio Gomes, deputado estadual e líder da Bancada do PDT

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.