Penitenciária de Mairinque é inaugurada

0
89

Secretaria da Administração Penitenciária amplia número de vagas com a 18ª unidade do Plano de Expansão

 

O Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) inaugurou nesta última quinta-feira, 26/03, a Penitenciária de Mairinque. A unidade possui área total de 89.542,24 m² e área construída total 11.132,27 m², com capacidade para 847 presos em regime fechado e é destinada ao atendimento da demanda de vagas prisionais e melhora das condições de segurança pública da população. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 39.315.766,97 e a unidade foi construída pela “Consladel Construtora – Contracta”. Está localizada na zona rural – Estrada Municipal, MRQ 358, continuação da Estrada Ayrton Senna, 1700m após a divisa de município com Alumínio.

 

A solenidade teve como anfitrião o secretário da Administração Penitenciária, Lourival Gomes. Também estiveram presentes à cerimônia o prefeito do município de Mairinque, Rubens Merguizo Filho; secretário adjunto da Administração Penitenciária, Luiz Carlos Catirse; assessor do Governador, Paulo Góes; coordenador das unidades prisionais da Região Central do estado, Jean Ulisses Campos Carlucci; coordenadora de Saúde do Sistema Penitenciário Solange Aparecida Pongelupi; coordenadora substituta de Reintegração Social e Cidadadania, Márcia Antonietto; delegado de polícia da assistência policial civil de assuntos penitenciários Nelson Rodrigues, representando o delegado geral de polícia; comandante do Pelotão de Polícia Militar de Mairinque, tenente Inaê; diretor presidente da Companhia Paulista de Obras e Serviços, Miguel Calderaro Giacomini; diretora executiva da Funação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” Lúcia Maria Casali; diretora da Escola da Administração Penitenciária “Dr. Luiz Camargo Wolfmann”, Leda Maria Gonzaga; diretor da Penitenciária de Mairinque Luiz Carlos Mendes, além de demais diretores de unidades prisionais da região e funcionários da Pasta.

 

Para a operação da unidade foram contratados 190 funcionários, que ocuparão setores em zonas de atividades diferenciadas, visando o controle e segurança dos acessos, fluxo e circulação de pessoas.

 

O empreendimento foi projetado com base em sólidos projetos de engenharia e tem características diferenciadas, aproveitando experiências dos que já estão em funcionamento, pois primam pelas boas condições de custódia dos presos com foco na segurança e na ressocialização. No local há pavilhões de trabalho e de serviços, como cozinha industrial – onde os próprios presos preparam os alimentos –, salas de aula, setores de inclusão/triagem/saúde, galerias, oficinas de trabalho e muralhas com torres de segurança. A nova unidade conta com toda infraestrutura para abrigar atividades laborais e educativas.

 

São oito blocos habitacionais, com oito celas cada, que permitem o controle seguro de cada setor. Externamente às muralhas, estão implantadas: portaria mirim, subestação e cabina primária, centro de apoio aos visitantes, depósito de lixo, abrigo de gás, caixa d’água, administração, estação de tratamento de esgoto e abrigo de veículos oficiais.

 

Setor Interno

 

•   inclusão, triagem e saúde;

•   serviços, com circulação central, galeria e cozinha industrial;

•   salas de aula.

 

Em seguida, interligados pela galeria ficam os oito raios – cada um com pátio de sol exclusivo, além dos edifícios de serviço para trabalho.

 

Na Muralha de segurança localizam-se as torres de vigilância, sendo uma em cada canto e as guaritas intermediárias.

 

No acesso ao setor interno da unidade prisional localiza-se a portaria da muralha.

 

Setor Externo

 

Local com espera de visitantes, portaria-mirim, reservatório elevado, edifício da administração e as edificações auxiliares: abrigo de lixo, subestação e o abrigo de gás.

 

O complexo conta com estacionamentos em frente ao edifício da Administração.

 

O paisagismo contempla o plantio de grama, implantação de pisos destinados à circulação de pedestres e veículos motorizados, além do tratamento dos taludes.

 

Sistema de segurança

 

•   Alarme de incêndio;

•   Alarme de fuga;

•   Sistema de controle de acesso (02 detectores de metais tipo portal, microprocessador);

•   Aparelhos de Raio-X de maior e menor porte;

•   Banquetas detectoras de metais;

•   Infraestrutura de CFTV.

 

Equipamentos eletrônicos

 

•   Sistema de Telefonia (PABX);

•   Sistema de cabeamento estruturado (sistema de rede);

•   Sistema de canais de TV (sistema de captação e transmissão de sinais).

 

Fonte: Imprensa SAP

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.