Policiais Penais evitam entrada de ilícitos em unidades prisionais

0
141

Visitante de preso tenta entrar na P1 de Tremembé com maconha sintética na roupa íntima

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que no último sábado, dia 18, uma familiar de um sentenciado foi flagrada com dois pedaços de papel que continham a droga k4, popularmente conhecida como maconha sintética, ao tentar visitar o filho na Penitenciária 1 “Dr. Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra” de Tremembé.

O flagrante aconteceu durante a revista de familiares de presos cadastrados no rol de visitas da SAP. Ao passar pela inspeção com o aparelho de escâner corporal, o equipamento sinalizou uma anormalidade na região do abdômen da mulher. Ao ser questionada, a visitante retirou, em local reservado, o entorpecente que trazia em seu top e entregou o ilícito aos servidores da unidade.

A direção da P1 solicitou apoio da Polícia Militar para condução da mulher até a delegacia para registro de boletim de ocorrência e outras providências legais. O detento foi levado para o pavilhão disciplinar.

 

Placas de mini celulares são apreendidas com visitantes e em correspondências em unidades prisionais da Coremetro

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou sobre apreensões de ilícitos realizadas em unidades prisionais da Capital e da Grande São Paulo.

Capital

Durante a revista de pertences enviados via correspondência ao Centro de Detenção Provisória “Chácara Belém I”, os policiais penais encontraram uma placa de mini celular, sem bateria.

O objeto estava escondido junto a uma toalha de banho, que foi remetida com outros pertences pela companheira de um custodiado. O caso foi registrado no 31° Distrito Policial da região.

 

Franco da Rocha

No último final de semana, na Penitenciária II “Nilton Silva” de Franco da Rocha, a visitante de um custodiado foi flagrada tentando entrar no estabelecimento penal com ilícitos. A mulher foi surpreendida durante procedimento de revista via escâner corporal, em que as imagens do aparelho indicaram anormalidade na região pélvica de seu corpo. Ela levava um aparelho micro celular escondido em sua genitália.

A visitante foi encaminhada até o Distrito Policial de Franco da Rocha para registro de Boletim de Ocorrência do caso e demais providências cabíveis.

 

São Bernardo do Campo

No sábado (18), no Centro de Detenção Provisória “Dr. Calixto Antônio” de São Bernardo do Campo, servidores apreenderam um micro celular sem bateria com uma visitante.

O objeto ilícito foi visto com a mulher durante revista mecânica realizada via escâner corporal. A companheira de um custodiado estava com o aparelho escondido em sua genitália.

Após confessar e entregar o objeto às agentes de plantão, a visitante foi encaminhada para o 3° Distrito Policial de São Bernardo do Campo, onde o caso foi registrado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.