Policiais Penais impedem entrada de drogas em unidades penitenciárias do estado de São Paulo

0
139

São Vicente

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que os Policiais Penais da Penitenciária 2 de São Vicente impediram a entrada de drogas via correio no último sábado (16). Na ocasião, os servidores encontraram entorpecentes em três correspondências enviadas por familiares dos presos.

Enquanto realizavam a inspeção no material encaminhado aos sentenciados, por meio do aparelho de raio-X, os funcionários identificaram volumes atípicos em alguns pacotes. Em um deles, enviado pela companheira de um detento, os policiais penais descobriram o fundo falso de um pote de margarina que escondia seis folhas de maconha sintética.

O mesmo aconteceu em uma correspondência enviada pela mãe de um interno. A mulher, de 61 anos, escondeu três folhas de K4 em um pote de margarina. Os nove papeis do entorpecente apreendidos mediam 7 cm².

A terceira apreensão foi de 29 gramas de maconha em pequenos invólucros espalhados dentro de um saco de biscoitos. A remetente, uma idosa de 70 anos, é mãe de um sentenciado.

As drogas foram encaminhadas para o 1º Distrito Policial de São Vicente, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência. O nome das três mulheres foi suspenso do rol de visitas da SAP. A direção do presídio enviou comunicados para a Vara de Execuções Criminais e instaurou os procedimentos apuratórios de praxe para investigar o caso.

 

Franco da Rocha

Na última sexta-feira (15), Policiais Penais da Penitenciária II “Nilton Silva” encontraram 39 invólucros contendo substâncias semelhantes à cocaína dentro de tubos de creme dental. O material foi enviado via correspondência pela mãe do sentenciado.

Outros dois casos ocorreram no último sábado (16), na Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque”. No primeiro, a mãe do preso enviou 370 micro pontos de papel com características da droga sintética K4 à unidade prisional. Os ilícitos estavam ocultos em dois tubos de creme dental.

Na segunda ocorrência, servidores impediram a entrada de três recortes de papel escondidos em um bolo. O material, parecido com K4, foi flagrado pelo aparelho de raio-X no momento do procedimento de revista e foi encaminhado ao presídio pela mãe do sentenciado.

Todas as apreensões foram destinadas à Delegacia de Polícia do município.

 

Guarulhos

No domingo (17), os Policiais Penais da Penitenciária “Desembargador Adriano Marrey”, de Guarulhos, registraram a tentativa frustrada de criminosos de tentarem enviar objetos ilícitos ao estabelecimento penal. Foram encontrados filetes de papel parecidos com a droga sintética K4 dentro de um par de chuteiras. O material foi apreendido e encaminhado ao plantão policial.

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui