Policial Penal morre assassinado em tentativa de assalto em São Paulo

0
77

Flávio Júlio da Silva foi morto quando assaltantes tentaram roubar sua motocicleta

Foi registrado em São Paulo, mais uma ocorrência de homicídio na Rua Verbo Divino, em Santo Amaro, a vítima é um servidor da segurança pública do Estado de São Paulo, o Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária (AEVP), Flávio Júlio da Silva, morto por assaltantes em uma tentativa de roubo de uma motocicleta.

Policiais Militares apuraram que Flávio Júlio morreu no local, o agente reagiu e conseguiu balear os bandidos, um deles se evadiu mesmo ferido, porém, o segundo elemento partiu para cima do agente e entraram em luta corporal, quando a arma do agente disparou e ele acabou atingido na região da cabeça, vindo a óbito.

Duas cápsulas deflagradas e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos, a moto da vítima não foi levada.

O Policial Penal Flávio Júlio da Silva era lotado na Base de Escolta da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), no bairro de Santana, em São Paulo, onde prestava serviços.

Os assaltantes que assassinaram o Agente Penitenciário já foram presos pela Polícia Militar no momento em que os dois, feridos, procuraram atendimento em uma unidade de Pronto Socorro.

Dois homens, de 20 e 24 anos, foram presos por envolvimento no latrocínio do policial penal na sexta-feira (05), em Santo Amaro, na zona sul da Capital. Um deles foi localizado após dar entrada no Hospital Campo Limpo com ferimento causado por arma de fogo e permaneceu internado sob escolta.

O outro foi encontrado por policiais militares em um imóvel e foi encaminhado ao Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado pelo crime e permaneceu detido à disposição da Justiça.

As investigações seguem em andamento para o total esclarecimento do caso. Informações SSP.

A SAP e todos os demais servidores do sistema, enviam as mais sinceras condolências aos familiares e amigos desse guerreiro que perde a sua vida tão jovem, mas que sempre se dedicou no cumprimento das atribuições dos seus deveres.

A SAP emitiu uma nota oficial sobre o caso.

Jornalista – José Carlos de Oliveira – Kako

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.