Policial penal morre onze dias após ser vítima de acidente em Sorocaba

0
795

A policial penal Adrianne Maria José Gallão, de 50 anos, faleceu nesta última quinta-feira (15), 11 dias após ser vítima de um acidente de trânsito em Sorocaba, no interior paulista.

A colisão aconteceu no dia quatro de setembro (domingo), quando ela dirigia seu carro e foi atingida por um motorista que estava embriagado, que acelerou seu carro em uma rodovia quando havia um tráfego intenso à frente, atingindo o automóvel de Adrianne pela traseira, o que causou seu capotamento. Internada em estado grave durante esse período, a servidora infelizmente não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o flagrante feito pela Polícia Rodoviária Estadual, o condutor estava embriagado, mas foi liberado porque prestou socorro à vítima e aceitou ser submetido ao teste do bafômetro.

A policial penal atuava na Penitenciária II de Sorocaba, e era casada com o filiado Ozério Tadeu Pereira, diretor técnico da Penitenciária I de Sorocaba.

O SINDASP-SP presta suas condolências, com grande pesar lamenta o ocorrido e externa solidariedade aos familiares e amigos da policial penal. 

O sindicato espera que as autoridades policiais e a Justiça possam apurar os verdadeiros fatos sobre a conduta do motorista responsável e que a devida punição pela sua irresponsabilidade, atestada pela embriaguez do condutor, que causou o acidente não seja impune.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.