Por unanimidade, assembleia aprova eleição da Aaspesp por aclamação

0
299

 

 

A Assembleia Geral da categoria seguiu a proposta da Comissão Eleitoral e votou por unanimidade pela eleição por aclamação da única chapa inscrita para a diretoria da Aaspesp (Associação dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo).

 

A reunião aconteceu na noite de terça-feira (7), conforme o edital de convocação publicado no jornal de circulação estadual, Agora São Paulo, em 4/7/2015 (conforme as imagens abaixo).

 

A eleição por aclamação está prevista no artigo 48 do 3º parágrafo do Estatuto da Aaspesp. A chapa que será aclamada tem como presidente o agente de segurança penitenciária (ASP), Cícero Félix de Souza, que compôs sua Diretoria Executiva. Confira abaixo o vídeo da assembleia.

 

 

 

 

Processo eleitoral da Aaspesp

 

O processo eleitoral teve início 19/6, em uma Assembleia Geral onde os filiados foram convocados para discutir e eleger a Comissão Eleitoral para dar início ao processo eleitoral da Aaspesp. A publicação foi feita no jornal de circulação estadual “Agora São Paulo”, de 16/6/2015, conforme as imagens abaixo.

 

 

 

Na reunião foram apresentados cinco nomes, como sugestão, para a composição da Comissão Eleitoral: Ademir Ayres de Oliveira, José Carlos Ernesto, Valdomiro da Rocha, Lincoln Valentim Rechiuti e Julio Cesar Neto Souza Santos. Todos os membros estavam presentes na assembleia e confirmaram o interesse em fazer parte da Comissão.

 

Os nomes foram aprovados por unanimidade. Um dos membros, Ademir Ayres de Oliveira, foi eleito presidente da Comissão Eleitoral, também com a aprovação da assembleia. A partir de então, a Comissão Eleitoral assumiu todos os trabalhos, até que se concretize todo o processo e posse da nova diretoria.

 

Início dos trabalhos

 

A Comissão decidiu colocar em votação três itens que envolvem o processo: o prazo para inscrição das chapas, os locais das urnas e o período das eleições. A assembleia é sempre soberana para tomar essas decisões.

 

A Comissão também propôs que o prazo para as inscrições das chapas fosse de 72h, a partir de segunda-feira (22/6), às 8h. A proposta foi votada e aprovada por unanimidade. Apenas uma chapa participou ativamente do processo e efetuou a inscrição legal para participar das eleições.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.