Preocupados com os ASPs, diretores do Sindasp-SP se deslocam para Lucélia e acompanham rebelião

0
58

Preocupados com os agentes de segurança penitenciária (ASP) que trabalham na Penitenciária de Lucélia, o Sindasp-SP encaminhou diretores do sindicato para acompanharem de perto a rebelião que ocorreu na tarde desta quinta-feira (26).

Assim que o Sindasp-SP tomou conhecimento da rebelião, imediatamente foram deslocados para a unidade o Diretor de Regionais, Gilmar Pereira, o Diretor Administrativo Ismael Manoel, e o Diretor da Sede Regional de Lucélia, Celso Antoniel.

As primeiras informações deram conta de que não houve agente penitenciário refém. O Grupo de Intervenção Rápida (GIR) foi acionado para a unidade. Informações do site da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) apontam que a unidade tem capacidade para abrigar 1.440 presos, no entanto conta com uma população 1.820.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.