Presidente do Sindasp esteve em Brasília com agentes penitenciários acampados pela derrubada do veto presidencial ao porte de arma

0
11

 

 

O presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, esteve em Brasília na quinta-feira (18), protestando com os agentes penitenciários de diversos estados em frente ao Congresso Nacional.

 

Cerca de 500 agentes estão acampados no local desde o dia 2 de julho, contra o veto presidencial ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 87/2011, que propôs o direito aos agentes penitenciários e de escolta de presos a portarem arma de fogo fora de serviço. Os servidores garantem que somente deixarão a Esplanada dos Ministérios quando a reivindicação for atendida. 

 

BRASÍLIA: Presidente do Sindasp-SP em frente ao Congresso Nacional protestando contra o veto presidencial ao porte de arma de fogo

 

O PLC havia sido aprovado em decisão terminativa pelo Senado, em 28/11/2012, mas foi vetado pela presidente, conforme publicação do Diário Oficial da União, na edição de 10/01/2013.

 

 

 

De acordo com o presidente Daniel Grandolfo, os filiados que estiverem interessados em participarem do acampamento, deverão entrar em contato com a Sede Estadual, falar com Fernando, que o sindicato disponibilizará passagens de ida e volta a Brasília. A alimentação aos filiados será disponibilizada no acampamento com apoio do Sindasp-SP.

 

Na semana passada, quinta-feira (11), outros dois diretores do Sindasp-SP, o Primeiro Secretário, Glaucio Reinaldo Pereira, e o Diretor Sócio-Cultural, Gilmar Pereira, também estiveram em Brasília acampados em frente ao Congresso Nacional.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.