Presos agridem agentes, pulam muro e fogem de penitenciária em Itirapina

0
27

Dois presos do regime semiaberto da Penitenciária Itirapina I fugiram da unidade, por volta das 8h50 deste domingo (1º), de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Eles agrediram dois agentes durante a troca de turno e conseguiram escapar após escalar o muro de cerca de três metros do local. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu localizar os internos até o momento.

 

Em sete dias, foi a quarta fuga de internos registrada nas penitenciárias de Itirapina (SP). A SAP informou que vai acionar a Vara de Execuções Criminais e instaurar Procedimento Disciplinar em desfavor dos sentenciados. Caso sejam recapturados, os fugitivos serão transferidos do regime semiaberto para o  fechado.

 

Ainda de acordo com a Secretaria, foram feitos boletins de ocorrência para os dois casos deste domingo. Um por conta da evasão dos presos e outro pela lesão corporal sofrida pelos agentes, que foram atendidos e passam bem.

 

Em uma semana, 4 fugas

 

No último domingo (25), dois presos do regime semiaberto conseguiram sair da Ala de Progressão Penitenciária – Itirapina (SP) II. No entanto, a dupla foi recapturada minutos depois pela PM.

 

O caso aconteceu durante o horário de visitas. Os detentos renderam um agente de segurança penitenciária e o algemaram no chão. A SAP afirma que eles simularam estar armados, usando as mãos por debaixo da camiseta.

 

Mesmo rendido, o agente dirigiu-se ao setor de Subportaria do Regime Fechado, que acionou uma equipe de apoio. Os presos foram recapturados logo em seguida.

 

Também foi instaurado um procedimento disciplinar em desfavor dos presos, que deverão perder benefícios ao fim da apuração.

 

Regime semiaberto

 

Os internos do regime semiaberto têm permissão para usufruírem de cinco saídas por ano, onde se dirigem para a casa de familiares. Em relação à segurança nas unidades de Itirapina, a Secretaria alega que as unidades e alas de regime semiberto não dispõem de vigilância armada e nem são cercadas por muralhas.

 

Por isso, a permanência nesse tipo de regime se caracteriza muito mais pelo “senso de autodisciplina” dos internos do que propriamente por mecanismos de contenção contra evasão.

 

Reclamação

 

A esposa de um preso de Itirapina I, que não quis se identificar, disse à equipe do G1 que os internos estariam recebendo represálias por conta das recentes fugas.

 

“Foi somente neste domingo (1º), mas houve sim. Eles ficaram sem café da manhã e banho de sol. Acho que ninguém tem que pagar pelo erro dos outros. Tiraram alguns direitos deles”, reclamou.

 

A SAP classificou como “falsas” quaisquer informações sobre a falta de alimentação ou banho de sol.

 

Fonte: G1

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.