Regional de Marília visita Penitenciária feminina de Pirajuí e pede a coordenador que unidade seja automatizada

0
65

 

 

O Diretor Administrativo da sede regional do Sindasp-SP em Marília, Luciano Carneiro, e o delegado sindical Euclides Zacari Filho, estiveram em visita na Penitenciária Feminina de Pirajuí.

 

Carneiro aponta que os sindicalistas foram recebidos muito bem pela diretora da unidade, Dayse Aparecida Papassoni. “A diretora facilitou muito nosso trabalho e nos deixou a vontade com as funcionárias”, disse o diretor.

 

Entre os assuntos tratados, os representantes do Sindasp-SP conversaram com as funcionárias sobre o funcionamento da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Penitenciário (DEJEP). Também foi falado sobre a automatização da unidade, principalmente dos locais críticos, como as celas do seguro e castigo, onde já ocorreram situações de violência contra as servidoras. Carneiro protocolou um ofício junto ao coordenador das Unidades Prisionais da Região Noroeste, Carlos Alberto Ferreira de Souza, pedindo que a unidade feminina seja automatizada.

 

Os sindicalistas ouviram sugestões das funcionárias e serão levadas à diretora da unidade em nova data que será agendada. Uma das observações é que não existe saída de emergência para as servidoras das gaiolas em caso de motim e também faltam grades nas vias de acesso aos pavilhões de trabalho.

 

Por fim, os líderes sindicais se interaram do trabalho desenvolvido pela Célula de Intervenção Rápida (CIR) da unidade e conheceram a sala de teleconferência. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.