RODRIGO GARCIA DEVE ANUNCIAR HOJE MODELO DE IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍCIA PENAL EM SÃO PAULO

0
1251

O SINDASP-SP já está presente no memorial da América Latina aguardando a chegada do governador, que na manhã desta quinta-feira (09), Rodrigo Garcia (PSDB), governador de São Paulo, provavelmente, deve anunciar durante a sessão de anuência para os agentes de escolta e vigilância penitenciária (AEVP) do ano de 2014, o exemplar de implementação da Polícia Penal no estado de São Paulo.

Diretores e o presidente do sindicato, juntamente com o Secretário da Administração Penitenciária Nivaldo César Restivo, aguardando o anúncio que será feito pelo governador do estado sobre a Policia Penal.

História

SINDASP PIONEIRO NA LUTA PARA COLOCAR EM VIGOR A IMPLATAÇÃO DA POLÍCIA PENAL 

O SINDASP-SP foi um dos pioneiros para que a Polícia Penal seja colocada em vigor, para melhoria dos companheiros servidores públicos e conseguir todos os direitos e segurança que merecem.

Diretores e presidente do sindicato passavam, literalmente, o mês completo em comunicação com os secretários e deputados para que fosse aprovada e colocada em vigor a  (PEC) 308/04, que cria a Polícia Penal.

Brasília, São Paulo, esses eram os destinos que o SINDASP-SP percorria para não desistir da luta para colocar em vigor a Polícia Pena, visando a melhoria para todos. infelizmente em uma dessas viagens houve uma fatalidade com nossos companheiros no ano de 2017:

(“É com imenso pesar, que o Sindasp-SP comunica à categoria dos agentes de segurança penitenciária, que os diretores José Cícero de Souza, ‘Lobó’ (54 anos) e Edson Chagas ‘Cebolinha’ (57 anos), faleceram na manhã desta quarta-feira (11/2017), em um acidente de carro. No mesmo veículo estava o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo (37 anos), que veio a falecer após ser socorrido e levado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), em São José do Rio Preto.

Os diretores retornavam de Brasília-DF, onde estiveram ontem para acompanhar a votação no Senado da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/2016, que cria a Polícia Penal federal, nos estados e no Distrito Federal. A votação não ocorreu por falta de quórum no Senado.”)

SINDASP-SP está nessa luta desde o começo, onde foi deixado suor, gritos, luta, por uma categoria melhor vista pelo estado e seus governadores. Perdemos companheiros, mas, também ganhamos novos companheiros para que a luta continue.

Pensando em todos que que trabalham dentro das penitenciárias, companheiros não apenas na categoria, mas sim de uma luta diária onde se visa segurança dentro e fora dos muros para os nossos Policiais Penais.

A persistência é o caminho do êxito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.