Inicio Últimas Notícias S.A.P. NO PASSADO E NO PRESENTE A OMISSÃO CONTINUA !

S.A.P. NO PASSADO E NO PRESENTE A OMISSÃO CONTINUA !

0

Trinta de outubro do ano 2000, um dia memorável que marcou de forma trágica a área da segurança pública na cidade de Marília. Nesse fatídico dia, o sentenciado Wander Eduardo Ferreira o “Du cara gorda”, um dos principais fundadores do PCC, simulou estar passando mal para que os Policiais Penais da Penitenciária de Marília o encaminhasse para atendimento médico no H.C. O que os nossos colegas não poderiam imaginar é que havia um plano de resgate para o mesmo, o que culminou com a morte de um Policial Militar e com intensa troca de tiros, levando cerca de 56 horas de perseguição promovida por toda a força policial da cidade, acarretando em  12 criminosas, incluindo o “Du cara gorda”, alvejados e mortos.

Como Diretor do SINDASP e por ter vivenciado de igual forma aqueles momentos de tensão na cidade, e também ao observar o “sucateamento” do sistema carcerário paulista promovido pelo Governador João Dória, não posso deixar de alertar sobre novas tragédias que estão próximas. Temos uma população carcerária crescente, tendo um déficit de aproximadamente 100 mil vagas dentro do sistema, aliado a isso, há a afronta da pandemia que está tornando ainda mais dificultoso o andamento dos nossos trabalhos dentro dos presídios. Atualmente, além dos baixos salários e escassez de recursos materiais inerentes a cada unidade, existe a necessidade da contratação de ao menos 5 mil Policiais Penais para suprir o número de afastados e aposentados. Também temos que falar sobre a pressão exercida pelos “TECNOCRATAS” como a Defensoria e outras ONGs que não conhecem a realidade dos trabalhadores da Execução Penal e simplesmente passam a exercer o papel de oposição, promovendo lides, como por exemplo, ações em obrigar o judiciário e a administração a retornar com as visitas presenciais. Outro problema está na falta de um verdadeiro  representante político na ALESP, pois até aqueles que vociferavam em nosso favor nos TRAÍRAM SUMARIAMENTE, sendo que com a reforma da previdência (L.C. 1354/2020) nós perdemos até o benefício de contrair o sonhado Abono Permanência sem o critério idade, e agora temos que possuir uma idade mínima para isso !!

Todos esses fatos colaboram para o aumento da tensão no sistema carcerário, também,  já começamos a sentir de forma plena o reflexo dessa situação, como por exemplo, a fuga que houve no semi-aberto de Prudente no último fim de semana (24/10/2020), onde 21 detentos simplesmente fugiram, em um plantão conduzido por apenas quatro (04) Policiais Penais para quase 700 reeducandos. Portanto, nesse momento, existe a necessidade da união da categoria em denunciar, registrar e documentar as falhas de segurança em cada unidade, pois serão utilizadas como uma ferramenta de futuras defesas causadas pela omissão da Secretaria da Administração Penitenciária.

POLÍCIA PENAL, FOÇA E HONRA.

  • Texto opinativo do Diretor da Regional de Marília Luciano Carneiro

Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile