SAP requere licença ambiental para instalação de unidades prisionais em sete cidades

0
35

 

 

Em publicação no Diário Oficial de sábado (30), a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) requereu licença ambiental para a instalação de unidades prisionais em sete municípios do interior: Caiuá, Gália, Lavínia, Nova Independência, Álvaro de Carvalho, Pacaembu e Paulo de Faria. A solicitação foi feita junto à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).  

 

De acordo com uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo (2/8), o governo cancelou licitações para construção de 12 Centros de Detenção Provisória (CDPs) no interior.

 

O cancelamento teria ocorrido após o Tribunal de Contas do Estado (TCE) questionar os critérios de cálculo dos custos das unidades prisionais, que tinha investimento previsto de cerca de R$640 milhões.

 

As informações dão conta de que governador Geraldo Alckmin (PSDB) esperava zerar o número de presos provisórios nas delegacias no interior com a construção das unidades que iriam disponibilizar 10 mil vagas.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.