SAP responde Sindasp em relação a prioridade na vacinação e acompanhamento de presos

1
1098

O Sindasp-SP, solicitou junto a Secretaria da Administração Penitenciária com absoluta urgência a inclusão no programa de vacinação os profissionais do sistema prisional paulista.

Segundo Luciano Carneiro, diretor do Sindasp, em resposta ao ofício à secretaria técnica da SAP diz que está se pautando no “Documento Técnico” do CVE/CCD/SES que dispõe sobre o cronograma e estabelece os grupos prioritários, dentre os quais está prevista os servidores do sistema prisional. “Porem não é de forma urgente, fato que o sindicato não concorda”, pontua Luciano.

Em relação a escolta de presos durante a pandemia a SAP diz que importante esclarecer que já existem orientações referentes ao trânsito de sentenciados em hospitais apenas em casos de urgência e emergência considerando o atual cenário de pandemia causado pela COVID-19.

Para o sindicalista, o Sindasp tem pareceres de tribunal que o policial penal não é obrigado a fazer acompanhamentos de presos. “Estamos dispostos a disponibilizar nosso jurídico para qualquer assédio que o filiado sofra em relação a esse assunto”, finaliza Carneiro.

1 COMENTÁRIO

  1. Na minha opinião os policias agentes precisa vacinar.pois estão frente de unanimidades e também os presos temcque vacinar porquê se eles pegarem o covid.nao vai ter lugar pra tantas pessoais. Porem já está pagando sua conduta prisional. Os hospital já estão lotados e tidos tem familia….

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.