Secretário atende pedido do Sindasp e diz que automatização da penitenciária de Capela do Alto já se encontra em execução

0
21

 

 

 

Desde a agressão sofrida por um agente de segurança penitenciária (ASP), no dia 14 do mês passado, que o Sindasp-SP solicitou a urgência na automatização da penitenciária de Capela do Alto.

 

A agressão ocorreu durante o procedimento “bate-chão”, na cela dois do raio oito. Quando o funcionário abriu a porta da cela para realizar o procedimento, foi surpreendido por diversos detentos que desferiram socos e chutes no ASP.

 

Em resposta à solicitação do Sindasp-SP, o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Lourival Gomes, disse, via ofício, “que a automatização das portas das celas da Penitenciária de Capela do Alto já se encontra em execução”, descreve o documento enviado ao sindicato. Essa foi mais uma conquista do Sindasp-SP para a categoria.

 

A automatização das unidades prisionais foi uma conquista do Sindasp-SP junto ao governo em 2012 e tem como principal objetivo evitar o contato físico entre agentes penitenciários e detentos, que em diversas situações resulta em agressões como a que ocorreu em Capela do Alto. A automatização é um processo mecânico que possibilita a abertura e a tranca das portas das celas através de um painel eletrônico.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.